Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Embu aprovam PME e retiram as questões de ideologia de gênero

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 18/06/2015

sessao17

Venilson Silva Sessão ordinária teve a participação popular na noite desta quarta-feira, dia 17

Os líderes de diversas denominações cristãs lotaram a Câmara de Embu das Artes na noite desta quarta-feira, dia 17, para acompanhar a votação do Plano Municipal de Educação, que prevê metas da educação básica até a pós-graduação para serem atingidas nos próximos dez anos. A manifestação na sessão ordinária aconteceu devido algumas metas do plano incluir a ideologia de gênero, ou seja, que o homem e a mulher não diferem pelo sexo, mas pelo gênero, e que este não possui base biológica, sendo apenas uma construção socialmente imposta ao ser humano, através da família, da educação e da sociedade, e dessa forma, que o menino e menina passam a ser apenas indivíduos e mais tarde decidem o que querem ser.  

Em sessão agitada, praticamente todos os vereadores discursaram a favor do PME porém sem as questões de ideologia de gênero, foram categóricos em suas falas afirmando que tal aprovação é contra os princípios da família e fere a sociedade como um todo. Foram convidados para compor a mesa, o Padre Gian Paulo Ruzzi, da Paróquia Todos os Santos, que representou os demais padres e o Pastor Marcos  Roberto da Silva, que também fez uso da palavra ao final da sessão.  

"A ideologia de gênero não é um assunto que desrespeito apenas as religiões. É algo que versa sobre a vida de todas as pessoas da nossa sociedade. A ideologia de gênero pretende no final destruir toda constituição familiar. O que está em jogo aqui é a destruição da família", disse Padre Gian Paulo Ruzzi. 

O pastor Marcos também fez uso da palavra e discursou contra a questão. "A ideologia de gênero não é apenas uma questão religiosa, ela vem bater contra a ciência e a biologia, porque ela ensina que só nasce macho e fêmea, homem e mulher. A ideologia quer implantar que a criança tem que decidir se é homem ou mulher, mudando coisas como banheiro feminino e masculino. Hoje aqui é uma vitória para nós", falou.   

"A escola cabe ensinar e a família cabe educar", disse Doda Pinheiro. O vereador levou o Catecismo da Igreja Católica e leu quatro tópicos do documento que fala sobre a família, criação do homem e da mulher, e também a representação da família na sociedade. Com esse enfoque, ele declarou ser contra a ideologia de gênero e favorável a família. A vereadora Dra. Beth destacou que os demais vereadores foram sábios e dedicaram tempo em analisar cuidadosamente todos os pontos do Plano Municipal, e afirma que semanas anteriores as questões já não tinha apoio dos edis. 

O vereador Clidão do Táxi declarou seu voto a favor do PME e enalteceu o trabalho realizado pelo secretário de Educação Paulo Vicente. Clidão chamou atenção para a votação da noite e afirmou que nas reuniões 14 vereadores estiveram presentes e na votação o mesmo aconteceu. O PL 25/2015 foi aprovado com 14 votos favoráveis com ausência do vereador Pedro Valdir.  

O tema polêmico teve momentos de conflitos na plenária, isso porque um pequeno grupo de outra denominação defendia a aprovação do plano com a ideologia de gênero e em muitos momentos interromperam os vereadores para vaiar. Em contrapartida, quem também recebeu vaias foi o vereador João Leite, presidente do PT, que alertou a todos que se deve fazer uma discussão ampla com relação ao assunto para que as pessoas não sejam "massa de manobra", atitude essa que foi entendida como defesa pelo público presente.  

O presidente da Câmara, vereador Ney Santos agradeceu a participação popular na sessão e declarou ser contrário a ideologia de gênero. "Cada vereador aqui foi eleito para brigar por vocês e não me preocupo se tiver que me dispor por causa de leis que vão atrapalhar o nosso povo. Eu respeito a situação e opção sexual de cada um, mas desde quando começamos a discutir, não podemos ir contra a nossa bíblia sagrada. Eu sempre vou votar de acordo com a minha consciência. E essa tal de Ideologia de Gênero, aqui em Embu das Artes não vai passar", ressaltou Ney Santos.  

Com cartazes escritos "Ideologia de Gênero Não", "A família não quer ideologia de gênero", dentro outros envolveram fiéis da Igreja Católica e das igrejas evangélicas, além de professores da rede municipal de Educação. Dentre os líderes estiveram presentes dos padres Sebastião Gomes, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Carlos Brum, da Paróquia São Marcos, Lourivaldo, da Paróquia Cristo Ressuscitado, Fabiano Benevides, de Juquitiba, Padre Lídio, Diácono permanente Mario, também Presidente do Conselho Diocesano - Renovação Carismática Católica, Huanderson Silva.  

Foi aprovada a moção de apoio 28/2015, de autoria do vereador Ney Santos, que dispõe sobre Apoio a Luta das Igrejas Católicas e Evangélicas, contra a ideologia de gênero, proposta para os municípios na confecção dos planos municipais de Educação. 

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Aprígio recebe visita de Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho

Acompanhado de lideranças da Executiva Nacional e Estadual do PDT, Carlos Lupi, presidente...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Prefeitura de Taboão forma mais de 200 alunos através do Programa Lado a Lado Sa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da Prefeitura de Taboão da Serra,...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.