Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores rejeitam novo pedido de cassação do prefeito de Taboão e pedem fim de denúncias

Por Sandra Pereira | 3/06/2015

sessao_tab

Cynthia Gonçalves

Um novo pedido de cassação do prefeito Fernando Fernandes, o décimo consecutivo, dessa vez sob a alegação de que o Assai Atacadista se instalou em Taboão da Serra com alvará provisório agitou a primeira parte da sessão de Taboão da Serra nesta terça-feira, 2. Os vereadores rechaçaram a cassação por 10 votos contra 3 com a alegação de que vários comércios do município funcionam da mesma maneira, inclusive o mini-Extra instalado no Centro Empresarial idealizado pelo ex-vereador José Aprígio, a quem o governo atribui estar incentivando os pedidos de afastamento feitos pelo presidente do PC do B Antônio Gomes de Andrade.

O clima esquentou na Casa quando a vereadora Luzia Aprígio foi a tribuna e num discurso breve disparou contra os pares que haviam citado seu marido, o ex-vereador José Aprígio. No final da sessão a paz foi restabelecida e dona Luzia foi alertada pelos pares a não subir o tom dos discursos na tribuna.

“Vamos cassar o prefeito então porque ele permite que o Aprígio funcione sem alvará ?  Nós temos é que incentivar o comércio. O Assai trouxe empregos para a nossa cidade e está funcionando com alvará provisório como vários comércios. A regra é a mesma serve para todos. No momento em que o país passa por uma crise como essa vamos cassar o prefeito porque está permitindo o comércio funcionar ? O povo quer emprego, quer trabalhar, precisa de moradia”, disparou Nóbrega.

Marco Porta voltou a alertar a vereadora Luzia Aprígio dizendo que ela está caminhando por veredas que “não são tão tropicais”. Disse que a vereadora está tratando de temas que podem ser “complicados”. 

Já o vereador Marcos Paulo descaracterizou os pedidos de cassação. Classificou os mesmos de denúncias vazias e de cunho eleitoreiro. Afirmou que vai pedir que os vereadores não discutam mais os pedidos de cassação e votem direto pela rejeição dos mesmos  já que a população espera que os vereadores votem seus projetos ao invés de ficar discutindo denúncias sem fundamento.

Para a vereadora Luzia Aprígio as denúncias não estão atrapalhando o andamento da Casa já que a pauta traz requerimentos datados de 2013. Ela cobrou explicação de Marco Porta sobre a fala das veredas não tropicais. Disse que é tão vereadora quanto ele. “O senhor está me ameaçando ?Que conversa é essa ? Não sou o tipo de gente que fala uma coisa de manhã e muda a tarde”, afirmou, antes de cobrar.  

Em resposta a fala da vereadora Luzia Aprígio Marco Porta disse que “ela é uma dama e deveria estar em outro lugar”. Afirmou que dona Luzia foi colocada na Casa para defender o indefensável.

Já faz tempo que as manifestações feitas por munícipes atrapalham a fala dos vereadores de tribuna. Nesta terça-feira o fato se repetiu e o presidente Cido avisou que se isso voltar a se repetir vai esvaziar o plenário. O presidente disse que não gostaria de ter esse fato no seu currículo mas o fará  se for preciso para preservar a fala dos pares.  Ele solicitou a vinda de mais um GCM para permanecer no plenário durante a sessão. 

Famílias da área invadida em Taboão da Serra, nos fundos do pronto socorro do Antena, onde um rapaz foi assassinado durante a invasão foram a Câmara pedir abertura de diálogo com o prefeito.
Um munícipe sofreu um ataque epilético no começo da sessão e foi socorrido no plenário pelas enfermeiras Edna Trindade e  Selma Fátima, ambas trabalham no SAMU. O resgate do SAMU chegou pouco tempo depois e levou o morador para receber atendimento no Antena.

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.