Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Vereadores da região entregarão Carta pela Saúde Pública a candidatos a Governador

Por Outro autor | 14/08/2010

a 350_2.jpg

Vereadores da região unidos em prol da saúde

Os vereadores da região estão se mobilizando em prol da Saúde Pública nos municípios. Realizada na última quarta-feira, 11 de agosto, a sessão da Câmara Municipal de Embu contou com o convite do vereador Carlos Pires, vice-presidente da AVERSUD, para a entrega de uma Carta-Compromisso da entidade em tom reivindicatório aos candidatos a Governador do Estado de São Paulo, para que se comprometam com a melhoria da Saúde Pública na Região. O primeiro a receber o documento será Aloísio Mercadante, do PT, já que o candidato virá para um encontro no Hotel Rancho Silvestre, Embu, no dia 18 de agosto.

Preocupados com a situação emergencial dos Hospitais Públicos da região sudoeste de São Paulo, e da falta de leitos para internação, os representantes políticos, encabeçados pela Associação dos Vereadores das Câmaras Municipais da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Aversud), tentaram estabelecer um compromisso junto aos candidatos ao Governo do Estado, numa atitude apartidária.


Carlos Pires colocou aos colegas que a ação envolverá os 66 vereadores das cidades da Aversud, bem como do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud), e não visa apoio político direcionado. Segundo o presidente da Câmara de Embu, Silvino Bomfim, a intenção é despertar aos futuros candidatos a preocupação pelas condições de degradação da Saúde Pública na região.

No documento, assinado pelo presidente da Aversud e vereador pelo município de Taboão da Serra, Wagner Luiz Eckstein, os vereadores indicam que somente há 412 leitos hospitalares, numa região que compreende cerca de um milhão de habitantes, distribuídos nos seis municípios correspondentes ao Conisud.

Outro dado importante é a indicação no texto do documento acerca da disposição dos recursos investidos na Saúde Pública da região. Segundo a Carta, os municípios que dispõem da obrigatoriedade de destinar 15% das receitas próprias no custeio da saúde pública estão superando esta determinação, devido à falta de investimentos pelo Estado na região.

De acordo com o texto que será entregue a Mercadante, a distribuição das vagas está abaixo da recomendação pelos organismos de Saúde, que determinam a quantia de quatro leitos por mil habitantes. A região possui somente dois Hospitais Clínicos, Hospital Geral do Pirajuçara e de Itapecerica da Serra. O documento aponta que além da falta de estrutura física necessária para a demanda da região, cerca de 40% dos pacientes atendidos é oriundo da capital paulista, aumentando o quadro da falta de vagas nos Hospitais.

Como solução emergencial, a Carta que será entregue ao candidato do Partido dos Trabalhadores, Aloísio Mercadante, indica a ampliação e revitalização do Hospital Santa Mônica, localizado no município de Itapecerica da Serra, que atualmente serve apenas de retaguarda aos outros Hospitais da região.

O encontro que será realizado no Hotel Rancho Silvestre, além de Mercadante, deverá reunir os candidatos ao senado, Marta Suplicy (PT) e Netinho de Paula (PCdoB), e talvez (não confirmado) da candidata à presidência pelo Partido dos Trabalhadores, Dilma Rousseff. O evento acontece no dia 18 de agosto, quarta-feira próxima, às 19h. Candidatos a deputados do PT e coligados também estarão no evento.

A Carta Compromisso com a Saúde também será entregue aos demais candidatos a governador, entre eles Geraldo Alckmin (PSDB), Paulo Skaf (PSB), entre outros, quando visitarem a região durante a campanha eleitoral. A ideia é que o governador eleito, seja quem for, assuma o compromisso com a melhoria da Saúde Pública na região.

Texto: Alexandre Oliveira / Fotos: Márcio Amêndola – Assessoria de Comunicação da Câmara de Embu

 

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.