Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Após uma semana de greve funcionários dos Correios voltam ao trabalho em Embu

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 26/05/2015

correios_1

DivulgaçãoOs serviços dos correios ficaram paralisados desde a última terça-feira, dia 19

Após uma semana de greve, os funcionários dos Correios de Embu das Artes voltam ao trabalho na tarde desta terça-feira, dia 26. A decisão foi tomada depois da assembléia geral realizada na manhã desta terça e que a empresa sinalizou que vai resolver de imediato parte das reinvidicações e as demais já tem data para acontecer. "Estamos na historia da cidade de Embu das Artes e na historia do movimento sindical brasileiro, como o setor que sozinho conseguiu resolver", falou Nascimento. 

De acordo com o Vagner do Nascimento, da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo (Sintect-SP), essa é uma vitória para a categoria. "É uma vitória dos trabalhadores isso que aconteceu aqui no Embu, na historia do nosso sindicato nunca teve greve de um setor que demorou tantos dias. Os companheiros foram guerreiros, que lutaram pela melhoria de serviço e conquistaram na luta essa melhora para eles e para a população do Embu", disse. 

Os trabalhadores reivindicaram melhores condições de trabalho; melhoria na implantação e ampliação da entrega matutina, com entrega efetivamente pela manhã, e não à tarde como está ocorrendo; Segurança para os motoristas devido ao alto índice de assaltos; Contratação urgente de mais funcionários, pois todos os companheiros do setor estão com dobras, sofrendo superexploração.

Durante os sete dias de paralisação, os funcionários dos Correios receberam apoio do prefeito Chico Brito e dos vereadores da Câmara Municipal, além disso, realizaram uma passeata pelas ruas no centro do município e também receberam apoio dos moradores, que consideram o serviço essencial e acrescentam que a paralisação é importante. 


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.