Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Professores e servidores entram em greve com manifestações em Itapecerica

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 22/05/2015

greve_1

Equipe Siproem Professores e servidores caminharam pelas ruas de Itapecerica da Serra 

Os servidores municipais de Itapecerica da Serra inciaram a greve geral nesta sexta-feira, dia 22, tentando acordo com os funcionários foram até a prefeitura e logo em seguida fizeram ato de frente a Câmara Municipal. De acordo com diretor de base Adamor Uchôa e o Presidente Adenir Segura, o Siproem juntamente com o sindicato dos servidores aguardam atenção da administração do municipio.

As manifestações tem como objetivo despertar atenção do prefeito e comove-lo para chamar os servidores para o dialogo. Segundo informações do movimento, o ato acontecerá todos os dias até serem recebidos, uma integrante alerta que às 7h da manhã de todos os dias haverá prostesto. O primeiro dia de paralisação no municipio reuniu cerca de 600 pessoas, de acordo com o Siproem. 

Uma estimativa deu conta de que, só na Educação, 85% das escolas aderiram ao movimento. “Chegou a hora dos Servidores se unirem, agora não tem mais essa de professor, saúde, almoxarifado, somos todos juntos unidos por todos!”, afirma o presidente do SFPMIS, Adalberto Félix Rocha.

Confira novamente o que foi oferecido pela Prefeitura:

Pagamento Retroativo das Férias

Na Assembleia, os Servidores ouviram as propostas da Prefeitura. Inicialmente, sobre o pagamento retroativo das férias. A Prefeitura propôs o pagamento em 120 parcelas, sendo as parcelas corrigidas pelo IPCA. Os servidores que quiserem aderir ao plano devem procurar o RH da Prefeitura e informarem que estão de acordo e assim que houver a homologação passam a receber já no salário.

Caso o Servidor queira entrar com Ação Judicial terá de fazer isso individualmente e o prazo para recebimento, conforme informou o Departamento Jurídico do SFPMIS não pode ser precisado, mas tende a ser longo.

Reposição Salarial e Vale Alimentação

O Sindicato inicialmente havia apresentado uma reposição salarial de 8,23%. Porém a Prefeitura retornou com duas propostas, depois de muita negociação.

Apresentou a proposta de reposição de 7,5% nos vencimentos, porém sem alterar em nada o valor do Vale Alimentação.

A segunda proposta foi a de 6,5% de reposição salarial, mais o aumento de 33% do Vale Alimentação, indo de R$ 90,00 para R$120,00. O Vale Alimentação também seria ampliado para mais 210 Servidores, chegando agora aos professores P2 nivel II. Totalizando 2300 Servidores com este benefício.

FGTS

Presente ao encontro, o Departamento Jurídico do Sindicato, representado no evento pela Dra. Vanessa Teixeira Salim, esclareceu que o processo de liberação do FGTS, por conta da migração para o Regime Estatutário, está em fase de julgamento pela Justiça em primeira instância, o que deve ocorrer entre 90 a 120 dias. 

Com informações da Assessoria de Comunicação da SFPMIS 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.