Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Cerca de mil famílias do MTST ocupam terrenos em Embu das Artes e Itapecerica da Serra

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 16/05/2015

ocupacao

Sato / Jornalistas Livres Famílias começaram a ocupar áreas participares e mais 3 mil pessoas são esperadas 

Cerca de mil famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), ocuparam dois terrenos localizados em Embu das Artes e Itapecerica da Serra por volta das 00:40 deste sábado, dia 16. O movimento vem em um crescente desenvolvimento nos projetos e as  ocupações fazem parte das estratégias para exigir o lançamento imediato da terceira etapa do programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo o MTST, os espaços são adequados para construção de muitas moradias populares retirando assim diversas famílias das áreas de risco e também do aluguel. 

De acordo com informações, aproximadamente 600 pessoas adentraram um terreno abandonado localizado na rua José Manoel Nicoli, s/n, no Jardim Batista, em Embu das Artes. Esse espaço fica entre a Igreja Universal do Reino de Deus e a Escola Alexandrina Bassith, uma área particular com mais de 300 mil metros quadrados e é uma Zona Especial de Interesse Social (Zeis), destinada a moradia popular, no entanto abandonada por muitos anos. O movimento declara que a area não é utilizada da forma que deveria cumprindo assim a função social, prevista do Plano Diretor do município. 

Jé em Itapecerica da Serra, o terreno na Rua Maria de Jesus Freitas Dias, s/n – Jardim dos Reis, foi ocupado por 700 pessoas. Esse espaço se trata também de uma area particular com divisa com a prefeitura, abandonado há anos é também uma área de Zeis com mais de 250 mil metros quadrados.

As ocupações tiveram interferência da Polícia Militar e após breve confronto que impedia a entrada de metade das famílias, os lideres do movimento realizaram assembleias nos acampamentos. As famílias foram orientadas a não fazer fogueiras por questão de segurança e em vídeo gravado pelos "Jornalistas Livres" o líder declara que a PM só poderá entrar no espaço com mandato judicial, também foram feitos gritos de guerra e música ensaiada do movimento. 



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.