Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Taboão realiza 1ª audiência pública e debate preconceito

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 30/04/2015

debate1

Cynthia Gonçalves

A igualdade de direitos e o preconceito contra as diferenças sexuais foram os temas centrais debatidos durante a 1ª audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Taboão da Serra, ocorrida na sexta-feira, dia 24. A comissão é presidida pela vereadora Érica Franquini, que recebeu no plenário as coordenadorias dos Direito das Mulheres, da Igualdade Racial e da Diversidade Sexual. Todos os coordenadores apresentaram balanço do quadro atual e falaram dos desafios futuros.

O evento deixou claro que Taboão trava uma guerra contra o preconceito que ainda vitimiza mulheres, homossexuais e a população negra. Também enfatizou a necessidade de construção e ampliação das políticas públicas municipais para esses segmentos. Os debates mostraram que enquanto para homossexuais e negros o preconceito é o grande desafio a ser vencido, no caso das mulheres o problema central é a violência doméstica. 

A presidente da Comissão de Direitos Humanos, vereadora Érica Franquini fez uma avaliação positiva da audiência e disse que ela serviu para mostrar a população que a cidade tem Coordenadorias atuantes. “Achei a audiência positiva. Tivemos a oportunidade de conhecer mais sobre as várias coordenadorias que não tem visibilidade, apesar de terem trabalho. O objetivo da audiência pública é divulgar que temos políticas públicas relacionadas a essas coordenadorias”, afirmou.

A vereadora Joyce Silva, vice-presidente da comissão, lembrou ser autora de um projeto para construção de uma Casa Abrigo na cidade, que tramita na Câmara desde 2013. “É um projeto expansivo para dar apoio à mulher vítima de violência”, avisou.

O presidente da Câmara, José Aparecido Alves, o Cido, participou dos trabalhos e elogiou a iniciativa da Comissão que de forma pioneira debateu os temas tratados.

A Coordenadora de Direitos das Mulheres, Sueli Amoedo, apresentou dados sobre a violência doméstica na cidade. “É importante trabalhar com a coordenadoria dentro da Saúde. Taboão tem uma ginecologista especialista em trauma de violência sexual que fica dentro do Centro de Referência da Mulher”, falou, explicando que a maior dificuldade do trabalho da Coordenadoria é garantir abrigo a mulher vítima de agressão. Ela salientou as dificuldades de retirar as mulheres vítimas de violência do convívio com seus companheiros.

Para o coordenador de Promoção da Igualdade Racial (CEPIR) der Taboão, Antônio Carlos Sousa Santos a cidade evoluiu na questão do negro mas ainda tem desafios a superar. Representando a Diversidade Sexual, o coordenador Márcio Carneiro, pediu a criação de um Conselho da Diversidade Sexual e ampliação das políticas públicas de inclusão para  a  população de Lésbicas, Transexuais, Gays, Travestis e Bissexuais (LGBT). “Precisamos de políticas públicas contra a violência e criminalização contra a homofobia. A população LGBT precisa de mais visibilidade”, disse.

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

25/04/2017

Bom Prato de Taboão começa a funcionar nesta quarta (26) com almoço a R$ 1,00

O prefeito de Taboão da Serra, Fernandes Fernandes Filho, anunciou no começo da noite desta...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.