Professores da rede estadual de ensino fizeram passeata em Embu das Artes

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 30/04/2015

Cerca de 200 professores da rede estadual de ensino em greve há mais de 45 dias insatisfeitos com a falta de atenção do governo do estado Estado de São Paulo foram as ruas na tarde desta quarta-feira, dia 29, ocupando a Rodovia Régis Bittencourt, na altura de Embu das Artes. O grupo reivindica melhores condições de trabalho dentre outras questões, e é formado por professores de Embu das Artes, Taboão da Serra e Itapecerica da Serra. 

Na última segunda-feira, dia 27, um grupo de 50 professores ocuparam simbolicamente a Diretoria de Ensino em Itapecerica da Serra. "Ocupamos a diretoria de ensino por mais de três horas. Foi uma forma de pressionar o governo,  uma vez que o Diretoria de Ensino representa a Secretaria de Educação em nossa região", disse um professor. 

Ao menos 60% dos profissionais da educação estão em greve e buscam a atenção do poder público com as reivindicações de aumento de 75,33% para equiparação salarial com as demais categorias com formação de nível superior, rumo ao piso do Dieese para PEB I com jornada de 20 horas semanais de trabalho; pela implantação da jornada do piso; nova forma de contratação dos professores temporários, com garantia de direitos, sem “quarentena” ou “duzentena”, fim do fechamento de classes; imediato desmembramento das salas superlotadas; fim do assédio moral, dentre outras questões.  

A Apeoesp, sindicato que representa a categoria marcou nova assembleia para acontecer nesta quinta-feira, dia 30, às 14h no vão livre do Masp, na região da Paulista. 


Comentários