Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores aprovam ordem do dia e tribuna popular fala de cultura em Embu das Artes

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 23/04/2015

sessao_em

Adriana MonteiroSessão aconteceu nesta quarta-feira com ausência do vereador Jaba por motivo de saúde 

Os vereadores de Embu das Artes aprovaram projetos de lei e indicações na sessão ordinária desta quarta-feira, dia 22, além disso aconteceu a utilização da tribuna popular com o munícipe Manoelidio Ramalho de Oliveira, o Mané do Café falando com relação a projetos de implantação de cultura no município. 

O projeto de lei autorizativo nº 05/2015, de autoria do vereador Luiz Calderoni, dispoe da autorização ao poder executivo a desenvolver estudo para implantação de bases comunitárias da GCM, em cada pólo comercial da cidade. O PL foi aprovado por todos os vereadores por unanimidade. 

Foram aprovadas as indicações 32/2015, de autoria dos vereadores Gilvan da Saúde e Júlio Campanha, trata da troca e instalação de placas toponímicas, ou seja, identificação para todas as ruas. Também foi aprovada as indicações 36 e 38/2015, de autoria do vereador Doda Pinheiro, que indica ao executivo à reforma da quadra poliesportiva José Anacleto e a reforma, ampliação e construção de berçário, na creche Suely Maria Hipólito de Oliveira, ambas no Jardim Santa Tereza. 

O presidente da Câmara, vereador Ney Santos juntamente com o vereador Gilson Oliveira apresentaram a indicação nº39/2015, que trata da implantação de feira noturna, de ingredientes e gastronômica, na região do Jardim Santo Eduardo e Dom José. 

Diante da longa greve dos professores, o vereador João Leite apresentou a moção de apelo ao governo do Estado para que possa ouvir a pauta de reivindicações dos funcionários da educação. A moção 14/2015, gerou uma breve discordância dos vereadores Doda Pinheiro e Carlinhos do Embu, na questão de atenção do governador Geraldo Alckmin ao problema e em ouvir as reivindicações feitas pelas categorias. 

Tribuna Popular 

O munícipe Manoelidio Ramalho de Oliveira, conhecido como o poeta Mané do Café utilizou do tempo reservado para população para falar de cultura na tribuna popular. Mané do Café é atuante na participação das sessões ordinárias, extraordinárias e solenidades na Câmara Municipal e sempre defende a poesia, por diversas vezes entrega seus textos aos vereadores para que eles possam ler em plenário. 

Mané do Café exibiu na noite desta quarta-feira, 22, duas reportagens da TV Rio e da filiação de Montes Claros, destacando o reconhecimento que o poeta tem fora de Embu das Artes. Ele ressaltou que gostaria de realizar um trabalho junto a Secretaria de Cultura, dentro das escolas para que as crianças possam tomar gosto pela poesia. Ao final, recitou três de suas obras e levou todo pelnário a aplaudi-lo.  



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.