Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Loucos por Vinil Fair reuniu muitos colecionadores e admiradores de LP

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 13/04/2015

vinil_1

Adriana MonteiroCentro Cultural Mestre Assis do Embu reuniu diversos colecionadores de vinil 

O “Loucos por Vinil Fair” reuniu grandes admiradores e colecionadores do Long Play (LP) em Embu das Artes. O evento realizado no Centro Cultural Mestre Assis entre os dias 10 e 12 de abril promoveu o encontro de colecionadores do município e também turistas. Com uma programação vasta que homenageou o jazz e também as manifestações artístico-cultural  que teve inicio no Estados Unidos. 

O encontra chega em sua 13ª Edição e em cada ano a expectativa do público é ainda maior. Com o surgimento da tecnologia é raro encontrar nas ruas quem coleciona e relata a importância de cada LP. No sábado dia 11, o clima era de tranquilidade no centro cultural e dentre os colecionadores muitos levaram os filhos para conhecer. "Hoje ninguém mais usa mas a historia que tem por trás desses LPs é muito interessante. Trouxe meu filho para ver a grandiosidade desse evento", disse Manoel Cavalcante, morador do bairro de Pinheiros, em São Paulo. 

A programação oferecida no evento contou com a exibição de documentários e a presença de bandas locais e convidadas representando o Jazz e suas influências contemporâneas como Taioba Quarteto (Jazz) Mario Deganelli (Mpb), The Iron Men - The Black Sabbath Tribute (Rock), Pete Hassle & Screw’d Blues Band (blues), Loop B (música contemporânea), NAU Brazillis (reggae big band). Além da exposição “A Arte de Embu em Vinil”, com obras de mais de 30 artistas plásticos da cidade. 

Loucos por Vinil: como tudo começou

O Loucos por Vinil foi idealizado em 2001 pelo artista plástico Paulo Dud e assumido pelo governo da cidade de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Cultura, com o objetivo de reunir colecionadores e admiradores do velho bolachão. É uma oportunidade dos apaixonados por LPs trocarem, venderem e circularem informações que fazem reviver bons tempos. A cada edição aumenta o número de visitantes e interessados em garimpar raridades ou adquirir discos em bom estado de conservação, nos mais diversos estilos musicais.

“Quase quatro décadas depois do lançamento do CD pelas grandes indústrias fonográficas, os long plays não param de ganhar novos fãs, desde aficionados por ídolos e músicas antigas até os DJs das mais modernas tendências musicais”, afirma Dud.


Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Embu 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.