Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PM e GCM fazem operação conjunta no São Judas e região após toque de recolher

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 10/04/2015

pizzaria

Google Imagens Ruas ficaram vazias na noite desta quinta-feira, dia 09, em Taboão da Serra 

A Polícia Militar e a GCM estão mobilizadas para evitar que transtornos maiores possam acontecer na região do Jardim São Judas, em Taboão da Serra, onde aconteceu um toque de recolher na noite desta quinta-feira, dia 09, em decorrência do assassinato de um homem com vários tiros em uma pizzaria - confira aqui. A ação conjunta tem como objetivo garantir segurança para os moradores. A operação ocorrerá por tempo indeterminado nos bairros do São Judas, Salete, Saint Moritz, Indiana, dentre outros. 

De acordo com informações do comandante da GCM, Leonel Vieira, foram recebidas informações que algumas pessoas estavam planejando algum tipo de ataque a coletivos e pessoas, dessa forma a operação conjunta foi pensando visando a preservação da vida dos moradores do São Judas, onde aconteceu o crime e também em bairros vizinhos. O toque de recolher é uma retaliação pelo assassinato de homens envolvidos no crime. 

"A gente estabeleceu um contato e trabalhamos juntos na prevenção. Todos os bares que estavam abertos as pessoas foram abordadas e revistadas, e aqueles bares irregulares foram fechados. Fizemos toda segurança para que os ônibus possam circular tranquilos e a população não ter qualquer tipo de contratempo", disse. 

A agitação no bairro começou após o assassinato desta quarta-feira, dia 08, que vitimou um homem com vários disparos - veja aqui. Segundo informações da Polícia, ele era acusado de praticar diversos crimes e estava em liberdade há pouco tempo. Acreditasse que ele estava disposto a cobrar o assassinato do seu irmão, que aconteceu na região a cerca de um mês. A ação rápida da quarta-feira aconteceu em uma pizzaria, uma moto passou atirando para o interior do estabelecimento, deixaram o local após o crime e até o momento não se sabe a identificação dos suspeitos. 

Segundo informações de moradores, o medo foi recorrente em Taboão nos últimos dias, a volta para casa foi complicada, isso porque muitas pessoas foram obrigadas a fazer o trajeto a pé além disso há informações que escolas do Jardim São Judas liberaram os alunos antes do horário. Na contrapartida identificado o problema a PM e GCM atuam efetivamente para garantir dias mais tranquilos aos moradores. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.