Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Superlotação dos ônibus intermunicipais é alvo de críticas dos passageiros de Embu das Artes

Por Gabrielly Sousa | 10/04/2015

onibus_lotado

DivulgaçãoPassageiros dividem lugar nos ônibus lotados da linha que opera em Embu das Artes 

Mais um dia de luta para os passageiros, motoristas, mães, pais, estudantes e trabalhadores que necessitam do transporte público para irem aos seus destinos. Muitas vezes para o trabalho, faculdade, escola e consultas médicas. Os passageiros de Embu das Artes relatam insatisfação com as condições que encontram os coletivos, além da passagem cara e a demora nos pontos de ônibus. 

Os moradores do Jardim Vazame, em Embu das Artes, assim como todos os passageiros que usam o transporte público da região estão insatisfeitos com a péssima qualidade dos ônibus da linha Miracatiba EMTU. Relatos são ouvidos de diversas linhas porém a linha 510/ Jd. Vazame, todos os dias, após às 17h50 da tarde, os passageiros enfrentam uma verdadeira disputa de lugar e espaço dentro dos ônibus, e se manifestam dizendo que estão cansados de pagar uma tarifa alta que não para de aumentar. A tarifa cobrada esta no valor entre R$ 4,10 e R$ 4,40.

A “Hora do Rush” ou “ Horário de Pico”, nomes conhecidos e apelidados pelos passageiros e motoristas que utilizam os meios de transportes no horário de maior movimento das ruas da cidade, na verdade é o pesadelo de qualquer um deles que só querem chegar em suas casas e descansar, de maneira rápida e confortável. Mas Infelizmente, não é isso que vem acontecendo.

Um dos passageiros entrou em contato com o Jornal na Net e demonstrou irritação com o transporte: “É um absurdo, quando eu utilizo esses ônibus parece que estou numa lata de sardinha, cadê o retorno do nosso dinheiro?”, disse uma moradora do Jd. São Vicente.

De acordo com algumas declarações feitas por vários passageiros, o que eles mais querem é que cresça a frota de ônibus na região, para tentar desafogar essa situação. Muitas das vezes, um trajeto que duraria aproximadamente 1 hora, com o trânsito fluindo precariamente e com a superlotação nos ônibus, essa estimativa sobe para 2 horas e em alguns dias até passa disso. 





Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.