Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara Municipal de Taboão discute obras durante audiência pública

Por Assessoria de Imprensa da Câmara de Taboão | 9/04/2015

audiencia

Cynthia GonçalvesUma nova audiência pública será marcada em maio para dar respostas para as demandas apresentadas durante a audiência pública

A Comissão de Obras Públicas da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na manhã desta quarta-feira, dia 8, uma audiência aberta aos moradores para debater diversas as obras que estão sendo realizadas na cidade. O secretário municipal de obras, Rogério Balzano, participou da reunião que contou com a participação de 30 moradores.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Eduardo Lopes, a iniciativa da Câmara Municipal é realizar diversas audiências neste ano para debater os assuntos de interesse da população. Segundo o parlamentar, as audiências serão temáticas e essa primeira abordou as ações de prevenção as enchentes.

“Nessa audiência abordamos a questão da canalização do córrego Poá e de outras obras de combate as enchentes no nosso município. Acho que foi muito proveitoso, porque tivemos acesso a todos os projetos e a população pôde entender o que está sendo feito para a prevenir as enchentes”, afirmou Eduardo Lopes.

O secretário municipal de Obras, Rogério Balzano, mostrou as mudanças no projeto de canalização do córrego Poá, que estão aguardando a desapropriação de imóveis e a autorização da Caixa Econômica Federal referente as alterações no projeto original. “Fizemos essas mudanças por questões técnicas”, disse.

De acordo com Balzano, o projeto original previa apenas o alargamento do leito do córrego com desapropriação de residências nas duas margens. “Optamos por fazer um novo canal ao lado do córrego, desapropriando apenas as casas do lado direito do rio, assim ganhamos  uma área inundável nos dias em que a chuva vem fora da normalidade, como aconteceu há cerca de 20 dias”, disse.

Essa alteração do projeto foi debatida entre os moradores presentes na reunião. Outros temas como a questão da greve dos coletores de lixo, o barulho de empresas próximas ao Pq. Pinheiros, a construção de calçadas na estrada São Francisco e o combate a enchentes na rodovia Régis Bittencourt também foram debatidas, apesar de não serem o foco principal da audiência.

O vereador André Egydio pediu que a prefeitura se empenhe na liberação da obra da canalização do córrego Poá para que a população do Largo do Taboão não sofra com novas enchentes. “Esse é um problema crônico que vem desde a emancipação da cidade, a prefeitura hoje tem como resolver esse problema, por isso temos que correr contra o tempo”, afirmou.

A vereadora Luzia Aprígio, que também faz parte da Comissão de Obras, pediu agilidade da secretaria para notificar proprietários de terrenos na estrada São Francisco, que não fizeram as calçadas, dificultando a locomoção de pessoas portadoras de necessidades especiais. “Essa questão da mobilidade passa pela pasta de obras e é um problema que vemos em toda a cidade”. Balzano disse que irá notificar todos os proprietários do local que estão em situação irregular até sexta-feira, dia 10.

Uma nova audiência pública será marcada em maio para dar respostas para as demandas apresentadas durante a audiência pública. “Até lá esperamos que a Caixa já tenha se posicionado sobre a questão da liberação na alteração do projeto da canalização do Poá”, afirmou Balzano.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.