Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Fórum de Itapecerica inaugura Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania

Por Gabrielly Sousa | 8/04/2015

forum

Genildo RochaA cerimônia de abertura do Cejusc de Itapecerica contou com as presenças dos principais representantes do Poder Judiciário de Itapecerica

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Itapecerica da Serra (Cejusc) foi instalado tarde desta terça-feira, dia 07, no Fórum da cidade. O Cejusc atende demandas pré-processuais, ou seja casos que ainda não chegaram ao Poder Judiciário e também processuais, que já têm ações em andamento, das áreas Cível e de Família. São demandas relacionadas à regularização de divórcio, investigação de paternidade, pensão alimentícia, renegociação de dívida, relações de consumo, brigas entre vizinhos, entre outros. Não há limite de valor da causa. O programa vai atender Itapecerica, Embu-Guaçu, São Lourenço e Juquitiba. O serviço é gratuito - Veja fotos

 A cerimônia de abertura do Cejusc de Itapecerica contou com as presenças dos principais representantes do Poder Judiciário de Itapecerica, do Prefeito do Município, Amarildo Gonçalves, juntamente com o prefeito de Embu-Guaçu,Clodoaldo Leite. A Câmara Municipal de Itapecerica ficou representada por seu presidente, o vereador Alex Pires.

A Drª Patrícia de Assis, juíza e coordenadora do Cejusc de Itapecerica da Serra, deu início a solenidade explicando o surgimento da ideia do projeto. Ela demonstrou estar bastante emocionada com a realização. Em seu breve discurso de inauguração, ela contou como foi a luta que resultou na instalação do Cejusc. O projeto foi idealizado no dia 4 de Outubro de 2013, no Fórum de Juizado Especiais de São Paulo (FOJESP), sendo o tema do evento.  

“A luta foi muito grande. Nós temos três setores: O processual, que vai diminuir as ações já em curso, no caso de acordos já serão homologados, o setor pré-processual, que vai atender as pessoas que já forem direto ao Cejusc, evitando um ajuizamento de uma nova ação, pois, já temos 70 mil ações ocorrendo aqui em Itapecerica. Também teremos o setor de Cidadania, que vai ser feito uma orientação jurídica à população e informações”, disse a juíza  ao Jornal na Net.

O prefeito de Itapecerica, Amarildo Gonçalves, o Chuvisco, se mostrou  orgulhoso de ter cooperado nessa realização. Ele disse que o projeto vai receber toda a ajuda necessária da prefeitura, pra dar continuidade aos serviços prestados ao povo. Além disso, agradeceu as prefeituras de Embu-Guaçu e São Lourenço pela parceria junto com a prefeitura de Itapecerica, e ressaltou a questão dos conflitos sociais que serão postos em prática pelo Cejusc.

Segundo Chuvisco a participação das prefeituras foi de suma importância para que este projeto saísse do papel, tanto de Itapecerica quanto as outras também (Embu-Guaçu, Juquitiba e São Lourenço). Itapecerica será responsável pelo aluguel, Embu-Guaçu , Juquitiba e São Lourenço serão as responsáveis pela mão-de-obra e contas de água e luz.

“Este será um benefício para as pessoas mais carentes. O Cejusc foi feito para diminuir os conflitos, diferente da classe social. Eu tenho certeza absoluta que vai ser um beneficio grande pra população, porque muitas vezes acontecem brigas de vizinhos, também acontecem os acidentes de trânsito, sem contar a questão do divórcio e da pensão alimentícia”, observou o prefeito.

A desembargadora dos conflitos da comarca de Itapecerica da serra, Drª Maria Lúcia Ribeiro, também falou sobre o Cejusc. Para ela a iniciativa  será importante para os casos de maior urgência, que precisam de uma certa rapidez pra serem julgados. “Todos os interessados poderão vir aqui mesmo, no fórum, para resolver, desde causas pequenas até as grandes. Para aderir ao programa de justiça de forma rápida, a pessoa que estará passando por algum problema de violência doméstica, divórcio, ou qualquer outro fator judicial, deverá comparecer com os devidos documentos ou acompanhada de seu advogado”, explicou a desembargadora para as pessoas terem acesso ao Centro Judiciário.

22/06/2018

Familiares buscam por mulher que está desaparecida há 5 dias em Embu das Artes

Familiares de Pamela Mendonça de Oliveira 31, estão desesperados com o desaparecimento da mulher...

21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

18/06/2018

Itapecerica é apontada como o 2º município mais violento do estado de São Paulo

A cidade de Itapecerica da Serra foi apontada como o segundo município mais violento do estado...

15/06/2018

Petrobras anuncia queda no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) uma queda de 0,89% no preço da gasolina comercializada em suas...

15/06/2018

Etanol está quase mais caro, mesmo com produção maior

 

 

Alternativa mais barata à gasolina, o etanol também está pesando mais no bolso na hora de...

13/06/2018

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a...

05/06/2018

Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

O índice de homicídios no Brasil em 2016 atingiu a marca de 30,3 para cada 100 mil habitantes,...

24/05/2018

Procon de Itapecerica multou posto acusado de vender combustíveis com preços abu

O Procon de Itapecerica da Serra multou o posto de gasolina que estava vendendo gasolina a R$...

22/06/2018

Mulher e segurança são baleados em assalto a carro forte em Itapececerica

Bandidos armados tentaram assaltar carro forte na tarde desta quinta-feira (21), em Itapecerica...

22/06/2018

Em visita ao Poupatempo, presidente do Fussesp comemora resultados

Nesta quarta-feira (20), a presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo,...

22/06/2018

Familiares buscam por mulher que está desaparecida há 5 dias em Embu das Artes

Familiares de Pamela Mendonça de Oliveira 31, estão desesperados com o desaparecimento da mulher...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.