Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Gerente diz que Pirajuçara cumprirá exigências da prefeitura para continuar em Taboão

Por Sandra Pereira | 6/04/2015

diretor

Sandra PereiraMaiquel Frandoloso diz que empresa acendeu alerta vermelho quando prefeitura recusou renovação automática e agora corre para atender exigências, vencer licitação e ficar na cidade

A empresa viação Pirajuçara está disposta a atender todas as exigências feitas pela prefeitura de Taboão da Serra para continuar sendo a responsável pelo transporte público na cidade. Depois da prefeitura negar a renovação automática do contrato de concessão por mais cinco anos, como havia sido pedido pela empresa, o alerta vermelho dos diretores acendeu  diante da possibilidade de ter que deixar  Taboão. Agora a Pirajuçara corre contra o tempo pra ficar na cidade, manter o emprego dos mais de 500 funcionários, investir para atender o novo modelo de transporte que o município pretende implantar e atender às necessidades dos usuários. A meta da empresa é participar e vencer a nova licitação do transporte municipal.

“Nós temos todo interesse de permanecer em Taboão e vamos fazer todos os investimentos que forem preciso pra continuar responsáveis pelo transporte público. A posição da empresa é clara: atender todas as exigências da prefeitura e continuar operando o transporte público no município” afirma Miquel Frandoloso, Gerente de Tráfego da Fervima Pirajuçara. 

Ele garante que a empresa não sabe nada sobre as mudanças proposta no novo edital de  licitação, que deve ser lançado nos próximos dias. Em tom  de preocupação o diretor afirma não dispor de maiores informações sobre o certame, mas ainda assim está se antecipando e implantando novas linhas, melhorando o atendimento aos usuários, investindo em ônibus novos e qualificando servidores. 

“Nós queremos permanecer em Taboão. Temos toda uma estrutura montada durante os 15 anos que estamos por aqui. Quando a prefeitura se recusou a renovar o contrato automaticamente acendeu o alerta vermelho na empresa. O que está em risco são mais de 500 empregos. A empresa não quer e nem vai se recusar a atender as demandas da prefeitura”,  observa o Gerente de Tráfego, acrescentando que em meio a toda essa incerteza a viação se deparou com a necessidade de se modernizar e fazer os investimentos necessários para melhoria da qualidade transporte público em Taboão da Serra. 

Audiência Pública x Licitação 

O transporte público será debatido amplamente durante audiência pública marcada para acontecer nesta quarta-feira, 8, no Cemur a partir das 9 horas da manhã. Leia mais aqui. Oficialmente ainda não há uma data definida para as empresas interessadas em participar da licitação do transporte público em Taboão entregarem suas propostas. Há uma expectativa grande sobre os rumos que deve ter o transporte na cidade. A audiência pública deve mostrar o tom que a prefeitura vai seguir em relação ao tema. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.