Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Medalha Laurita Ortega Mari homenageia mulheres em Taboão da Serra

Por Gabrielly Sousa | 31/03/2015

mulher_3

Cynthia Gonçalves Mulheres foram homenageadas com medalha que leva nome da 1ª prefeita de Taboão da Serra

A 4° Edição de Entrega da Medalha Laurita Ortega Mari, realizada na Câmara Municipal de Taboão da Serra, nesta segunda-feira, 30, homenageou 56 mulheres da cidade. Com o tema: “Mulher seu lugar é onde você quiser!”  o evento encerrou na cidade as comemorações relativas ao mês da mulher. Laurita Ortega Mari que dá nome à homenagem foi a primeira prefeita mulher de São Paulo e a segunda do Brasil. A comemoração deu ênfase ao espírito de garra, determinação e de vanguarda da prefeita que á época era reconhecida pela sua atuação na assistência social.  Veja mais fotos aqui.

A medalha foi idealizada pelo Conselho Municipal de Saúde, em 2012, num ato de protesto ao fato da medalha 19  de Fevereiro ter poucas mulheres entre as agraciadas. Já faz dois anos que a vereadora Érica Franquini  encabeça o evento na Câmara Municipal. Na abertura da solenidade o coral da 3ª idade emocionou o público.

O vice-prefeito de Taboão, Laércio Lopes, o presidente da Câmara, vereador José Aparecido Alves, o Cido, junto com as vereadoras Luzia Aprígio, Joice Silva e Érica Franquini receberam os demais convidados. A Câmara ficou lotada de convidados e autoridades.  

A vereadora Érica Franquini, uma das organizadoras do evento, lembrou a importância da participação das mulheres na política e destacou as conquistas e desafios enfrentados no dia a dia. “Pedimos igualdade entre homens e mulheres, temos que brigar duas vezes para conquistar o mesmo espaço dos homens, não seremos mais relegadas a segundo plano. Nós, mulheres, temos que nos valorizar, somos 52% da população brasileira”.

Selma Fátima, uma das idealizadoras do projeto da Medalha, disse que a honraria é uma forma de homenagear as mulheres de Taboão da Serra. “Escolhemos a Dona Laurita por ela ter sido a primeira prefeita eleita no Estado de São Paulo e a segunda no Brasil. E a história dela inspira todas as mulheres até os dias de hoje”, lembrou. 

O presidente da Câmara Municipal, vereador Cido, falou da importância das mulheres na sociedade atual e parabenizou a organização pelo evento. “É uma homenagem justíssima por tudo que vocês, mulheres, têm feito pela nossa cidade, pelo nosso estado e pelo nosso país. Essa medalha é o nosso agradecimento e reconhecimento por tudo o que vocês fazem e produzem”.

“Mulher, conquiste o seu espaço, não deixe ninguém apagar o seu brilho.”, afirmou a vereadora Joice Silva.

 A coordenadora dos Direitos da Mulher de Taboão, Sueli Amoedo, apresentou breve balanço dos trabalhos da coordenadoria e falou dos desafios da mulher na atualidade. Ela fez histórico da luta das mulheres que sofreram e sofrem algum tipo de violência ou que são discriminadas pelo simples fato de ser mulher. 

Laurita Ortega Mari foi a primeira mulher eleita depois da redemocratização do Brasil, à prefeitura de Taboão da Serra no ano de 1969, virando um símbolo importante, representando o sexo feminino. João Clemente, era o candidato adversário de Laurita na disputa pelo cargo de prefeito(a) da cidade, também esteve presente na Câmara e fez o seu discurso: “ Tive a honra de lutar com essa mulher. Muitas vezes eu a apoiei, muitas vezes eu ataquei ela (risos) “.

Seguindo quase os mesmos parâmetros do 1° Forúm de Mulheres da Câmara de Taboão da Serra, realizado na última terça-feira, dia 24, a entrega de medalhas teve o intuito de valorizar a participação das mulheres na vida pública e mostrar que, todos os direitos que os homens tem, elas também podem ter. 

No final da comemoração, todas as mulheres que lotaram o plenário da Câmara, sendo a grande maioria, foram presenteadas com uma rosa em forma de carinho e agradecimento.

Uma das homenageadas foi a promotora de Justiça Maria Gabriela Prado Mansur que é referência estadual na luta contra violência doméstica e em favor dos direitos da  mulher. Elisabeth Amorim, que sobreviveu a várias facadas do ex-companheiro também estava na platéia, assim como tantas outras mulheres firmes e determinadas que se destacam em sua área de atuação.  

As homenageadas da noite com a Medalha Laurita Ortega Maria são:

Carmelita Trindade Pires

Eunice Maria de Lima

Maria do Socorro Barbosa Oliveira

Lazara Maria Santana Banhorelli

Gisele Machado

Samara Lilian da Silva

Maria das Graças Pereira Santos

Claudia Carneiro Martinez

Drª Cristina Cardoso

Andreia da Silva Muniz

Jandisleia Gomes da Silva

Maria Elza

Maria da Conceição Chaves

Simone de Paula Lima

Luciana Martins Liana

Raquel Nascimento

Maria Aparecida da Silva Celestino

Drª Maria Gabriela Prado Mansur

Ivani Silva Souza

Maria Elma de Duarte

Maria dos Prazeres de Jesus

Andressa Simone Martins Barros

Ivanice Aparecida

Elisabeth Amorim dos Santos

Agda Michele Jerônimo Padilha

Vânia Kelem dos Reis

Verônica Francisca da Silva

Maria Grizelda Perorelli Santos

Drª Eneida Pisciotta

Nelita Lima Vieira Fernandes

Jeanine Varjal Salazar

Elaine Leronice Lucas

Sônia Maria Rodrigues de Araújo

Leni Campos da Silva

Williana Lascaleia

Simone Purseno dos Santos Moraes

Katia Bueno Zanoli Domingues

Fátima Apta Oliveira Guedes

Idalina Ales Silva (In Memoriam)

Selma Araújo Paz da Silva

Edwiges de Souza

Inocência Manoel

Eunice de Souza Melo

Verônica Gonzaga dos Santos Maia

Ana Alves de Souza

Marta Ferreira Berlanga

Yochico Hayshibora

Tânia Franco Batista

Ede Leite da Cruz

Maria da Purificação dos Santos

Leslie Bueno da Costa

Maria Eridan Alves Leal

Mônica Martinez

Rosemary Sernaglia Loubo

Sueli Aparecida Alaniz da Silva 

Rodrigo Lopes com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal



17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

11/10/2017

Prefeito Fernando Fernandes forma mais 24 Guardas Municipais

O prefeito Fernando Fernandes formou na noite de sexta-feira, 06 de outubro, mais uma turma da...

11/10/2017

1º Fórum do Idoso da Sociedade Civil acontece em Itapecerica da Serra

O Auditório da Prefeitura de Itapecerica da Serra foi o local escolhido para a realização, no...

10/10/2017

Rede de apoio é fundamental para combater violência contra a mulher

Ana Maria, 51, conviveu, ao longo de 34 anos de casamento, com agressões morais e violência...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.