Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Segundo testemunhas Policiais Militares são suspeitos de sequestrar e executar o adolescente Jonathan Felipe

Por | 4/08/2010

pms_suspeitos_350.jpg

Imagem da Câmera da GCM de Itapecerica mostra adolescente ser abordado por supostos policiais

Segundo testemunhas três policiais militares são suspeitos de sequestrar, manter em cárcere privado e executar o adolescente Jonathan Felipe dos Santos, 15 anos, encontrado morto nesta terça-feira (3) na divisa de Embu-Guaçu e Parelheiros e desaparecido há cinco dias em Itapecerica da Serra, após ser abordado por três homens na Rua Major Telles, no centro da cidade. A polícia acredita em execução porque o jovem morreu com seis perfurações provocadas por tiros no rosto e enterrado com as mãos amarradas.

Testemunhas disseram que o rapaz foi abordado por três homens que o algemaram e colocaram o jovem dentro de um carro, além de se identificarem como policiais e dizerem que Jonathan era ladrão. “O que temos conhecimento é que [os homens] estariam perseguindo um autor de um furto”, afirmou a delegada Elisabete Sato, divisionária do DHPP. “O comentário é que ele foi abordado por seguranças”, disse. Segundo ela, não está descartada a possibilidade de serem policiais.

O furto ocorreu em um mercadinho da região que é de propriedade de um dos policiais militares suspeitos que trabalha em Embu-Guaçu, mas reside em Osasco, segundo informações de pessoas que não querem se identificar.

A Corregedoria da Polícia Militar informou, por meio de nota, que está colaborando com as investigações da morte do adolescente e que não vê indício da participação de policiais militares no crime.

A delegada Elisabete Sato afirma que não há, por enquanto, informações que liguem o jovem a crimes. “Tudo indica que se tratava de um excelente rapaz. As informações que temos até esse momento são de que ele era um rapaz normal, tranquilo”, disse Elisabete.

A dor da família

Depois da angustia de ver seu filho desaparecido, a dor da perda toma conta da família de Jonathan. Para a mãe do adolescente, Ana Maria de Souza Santos, o filho foi confundido com outra pessoa. “Eu creio que confundiram meu filho com outra pessoa. Ele é um menino sossegado, que trabalha com os tios, não tem motivos para suspeitar dele”, afirmou. 

O tio que estava com Jonathan momentos antes de ele desaparecer contou que os dois tinham ido, ao Centro de Itapecerica para sacar dinheiro. Adepto do cosplay, quando os jovens se vestem como personagens de animações e histórias em quadrinhos, o adolescente compraria também uma tinta para os cabelos. Depois de deixa-lo sozinho por alguns minutos o tio, ao retornar não encontrou mais o sobrinho.

Desaparecimento e Crime

O corpo foi encontrado em lugar de difícil acesso segundo a Polícia e em região de brejo, próximo a um riacho. O corpo é de um homem com cerca de 1,65 metro de altura, e estava com uma calça jeans preta, uma camiseta amarela e um moletom azul (roupas idênticas com as que Jonathan usava no dia em que desapareceu). De acordo com a polícia, o corpo estava enterrado em uma propriedade rural e com as mãos amarradas. Duas pessoas que trabalham na propriedade o encontraram e chamaram a polícia.

Na sexta-feira, dia em que o jovem desapareceu, uma câmera da prefeitura da cidade registrou a última imagem do adolescente, sendo levado por dois homens na rua. Uma testemunha já tinha afirmado que os dois disseram ser policiais à paisana. O tio estava com o jovem no dia do desaparecimento.

A imagem foi gravada por volta de 13h06 de sexta-feira (30) por uma das câmeras do Monitoramento e Guarda Civil de Itapecerica da Serra. O jovem aparece atravessando a Rua Major Telles com os braços para trás, sendo levado por dois homens. Característica relevante pelo modo de abordagem ao de um policial, segundo informações obtidas com exclusividade pelo Jornal na Net.

A equipe de investigação de Itapecerica da Serra comandado pelo Chefe de Investigação José Messias Pignataro trabalharam durante esses cinco dias empenhados no caso para desvendar quem são os verdadeiros suspeitos de sequestrar o jovem na rua Major Telles, no centro da cidade. “Tentaremos identificar pelas imagens se realmente são policiais militares”, finalizou Doutor Messias.

Com informações da Globo.com

17/02/2018

ROMU recupera caminhão roubado em Itapecerica, bandidos levaram toda a carga

Quatro assaltantes armados em duas motos roubaram uma carga de carne avaliada em R$ 8 mil neste...

09/02/2018

PM recupera carga de eletrodomésticos roubada em Embu Guaçu

Policiais do 25º BPM/M conseguiram recuperar na tarde desta quinta-feira (8) uma carga de...

07/02/2018

Homem é preso em Taboão acusado de tráfico de drogas

Policiais do 1º D. P. de Taboão da Serra prenderam na tarde desta quarta-feira (07), um homem...

06/02/2018

PF faz operação para deter seita envolvida com trabalho escravo e estelionato

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (6) a Operação Canaã - A Colheita Final, que investiga o...

05/02/2018

Polícia Civil prende acusado de matar empresário que estava desaparecido

A Polícia Civil conseguiu efetuar na tarde da última sexta-feira (2), a prisão de Osvaldo...

04/02/2018

Presos do CDP de Itapecerica vão ficar sem visita até dia 24, após rebelião

Presos das alas 4 e 6 do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Itapecerica da Serra devem ficar...

03/02/2018

Taboão, Embu e Itapecerica encerraram 2017 com aumento nos casos de estupros

As cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra encerraram o ano de 2017...

18/02/2018

Nós por Noix: cursinho popular abre inscrições em Itapecerica

Procurando um cursinho pré vestibular gratuito? Se liga no “Nós por Noix” – Cursinho Popular...

18/02/2018

Agências bancárias da região fecham nesta segunda em adesão a greve nacional

Os bancos em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica não irão abrir nesta segunda-feira (19) como...

18/02/2018

Campanha de vacinação contra a febre amarela é prorrogada na capital paulista

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo informou hoje (18) que vai prorrogar por mais uma...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.