Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Mulher morre no HGP e Secretaria de Saúde de Taboão vai apurar o caso

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 26/03/2015

cemiterio_da_saudade

Arquivo Jornal na Net Ana Nunes foi enterrada no Cemitério da Saudade em Taboão da Serra 

A morte da taboanense Ana Nunes Aragão, de 50 anos entra para os relatos de mortes no município neste ano. Após passar por diversos hospitais da região e depois de uma cirurgia de emergência de apendicite, a senhora veio a falecer horas depois na última terça-feira, dia 24. A família clama por justiça e acusa erro médico. Ana deixa marido e três filhos. 

Em Taboão da Serra, ela foi atendida no dia 07 de março com dores abdominais na UBS Parque Pinheiros, local onde ela foi avaliada por um psiquiatra, que passou o diagnostico de infecção urinária. Ela foi medicada e liberada porém as dores persistiram. A família a levou para outros hospitais que fizeram o mesmo procedimento ao longo de 17 dias. No último atendimento o médico detectou tardiamente uma inflamação no apêndice.  

Por intermédio de nota oficial enviada ao Jonal na Net, a Secretaria de Saúde destacou que a paciente foi atendida também pelo Hospital do M’Boi Mirim, em São Paulo, pelo Pronto Socorro do Jardim Vazame, em Embu das Artes, e pelo Hospital Geral do Pirajuçara. E ao entrar no PS Antena, foi atendida por um clinico geral com especialização em psiquiatria. A nota ainda traz informação que a avaliação dos atendimentos da unidade hospitalar serão feitas por meio de um estudo minucioso. 

Confira a nota na íntegra: “A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Saúde, informa que apesar da paciente Ana Nunes Aragão ter sido atendida por um psiquiatra, o profissional a avaliou como clínico geral, já que é formado em medicina e possui especialização em psiquiatria.

A Secretaria de Saúde lamenta o ocorrido e afirmar que ainda é cedo para avaliar os atendimentos prestados tanto em 7 de março, na UBS Parque Pinheiros, quando em 17 de março, no Pronto Socorro do Antena, uma vez que é necessário realizar um estudo minucioso do caso. Neste sentido, será feita uma investigação para, assim, apurar as devidas responsabilidades.

Em relação à passagem e aos atendimentos prestados à paciente pelo Hospital do M’Boi Mirim, em São Paulo, pelo Pronto Socorro do Jardim Vazame, em Embu das Artes, e pelo Hospital Geral do Pirajuçara  não poderão ser analisados e avaliados, já que as três unidades não são administradas pela Prefeitura de Taboão da Serra.” 






21/09/2018

Taboão da Serra atinge meta de vacinação contra Poliomielite e Sarampo

A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra divulgou o balanço final da Campanha de vacinação...

19/09/2018

Segundo IBGE, ¼ dos municípios brasileiros não tem política de gestão saneamento

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e...

14/09/2018

Agosto Dourado foi marcado por ações de orientações sobre amamentação

O Agosto Dourado foi fundado em 1991 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação. Desde então o...

10/09/2018

Osasco e região promove a II Jornada Ostomia dia 22 de setembro

A cidade de Osasco e região realizará, no dia 22 de setembro, das 09h às 13h, a II Jornada Sobre...

ingle

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.