Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Patrulhamento preventivo municipal especializado é reconhecido por 3 instituições de direitos humanos

Por Outro autor | 23/03/2015

gcm_4

Divulgação / GCMTreinamento tático aconteceu com participação de cerca de dez cidades de todo Brasil 

Equipe de Professores Especialistas do Centro de Estudos e ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH organização especializada no desenvolvimento de metodologias policiais formaram os primeiros 23 guardas municipais do Brasil na doutrina de patrulhamento preventivo municipal especializado para integrantes de ROMU. Participaram do treinamento tático com 10 cidades incluindo guardas de Itapecerica da Serra. 

O criador de método Prof. João Alexandre enfatizou que com o advento da lei 13.022/14 que ampliou as competências das Guardas Municipais o que se espera é a construção de um relacionamento com o cidadã o fundamentado na técnica policial mas com profunda raiz nos princípios garantidores da dignidade da pessoa humana. 

O Mentor Nacional do Método Inspetor GCM Eduardo, coloca a questão simbiótica entre o ato policial e o ordenamento juridico, afirmando que o agente publico é um aplicador da lei e não um violador. Já para o Multiplicador Nacional do Método o GCM Neves da ROMU, o procedimento padrão dessa doutrina facilitar a sobrevivência durante as ações de maiores vultos além de facilitar a apuração caso haja necessidade de ser rever algum procedimento executado. A população e a polícia tem muito a ganhar com esse método de trabalho.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.