Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Civil de Itapecerica já prendeu 6 dos 7 acusados de matar o delegado Josimar Ferreira

Por Sandra Pereira | 20/03/2015

acusados_1

Polícia Civil Rafael foi preso na casa do Tio em Bertioga. Gustavinho (blusa vermelha) está sendo procurado pela Civil 

Desde o  dia 15 de janeiro a Polícia Civil de Itapecerica trabalha para prender os acusados de assassinar o delegado Josimar Ferreira de Oliveira, 52 anos, morto dentro de sua casa em Itapecerica da Serra. Vítima de latrocínio  o delegado atuou 30 anos na região - relembre aqui. A  morte dele causou grande comoção. A polícia já prendeu vários acusados de participar do crime - veja aqui. O autor dos tiros que matou o delegado,  Bebê, que confessou o crime espontaneamente, está preso. Favela, que emprestou a arma que matou o delegado, Geovane, Pedro, dono do veículo usado na fuga, Washington que também entrou na casa, e o Baixada estão presos - confira aqui. A polícia agora procura o último acusado de participar do crime. O nome dele seria Gustavinho e a polícia acredita estar bem perto de localizá-lo.

“Todos os autores tinham passagem pela polícia e confessaram o crime espontaneamente. Por meio do nosso setor de campo e de inteligência conseguimos prender a maioria deles. Só falta um mas ele também vai ser preso”, afirma o delegado titular de Itapecerica da Serra, Dr. Marcelo Santos.

Ele disse que a investigação foi rápida devido a quantidade de informações recebidas sobre o paradeiro dos acusados dos crimes.

“Na data de ontem detectamos por meio de informações da inteligência que o acusado Rafael estava em Bertioga e iria se evadir para a cidade de Montes Claros em Minas Gerais. Fizemos uma nova incursão na cidade de Bertioga e o capturamos. Ele estava na sala da casa de um tio chamado Carlos Roberto. Surpreendemos ele no interior da residência e não houve como escapar”, explicou o delegado que participou da operação, Dr. Vitor Santos de Jesus.

Segundo o delegado o acusado Rafael, conhecido como Baixada, de apenas 19 anos assumiu a autoria de pelo menos 30 casos de roubo na região.

“Da mesma forma que chegamos no Baixada vamos chegar ao Gustavinho. É um trabalho de inteligência. Tem que ir direto na fonte”, afirmou Dr. Vitor Santos de Jesus.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.