Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Rede de proteção auxilia mulheres em situação de violência em Embu das Artes

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 16/03/2015

crm

PMEA

No País, a violência nas relações afetivas tem sido objeto de crescente denúncia junto à polícia, ao judiciário e aos órgãos públicos de Assistência Social, Educação e Saúde. A violência doméstica acarreta amplas repercussões psicossociais, econômicas e políticas, não só no plano individual e familiar como também na esfera social da mulher. Diante da complexidade da questão, criou-se, por vontade política, uma rede para auxiliar a população feminina na qual o Centro de Referência da Mulher de Embu das Artes (CRM), ligado à Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, faz parte.

“Neste governo, a rede se fortaleceu. Todos os sistemas, Polícia Militar, Guarda Municipal, delegacias, fórum, devem assegurar a garantia à vida e à proteção da mulher. A rede tem ações multisetoriais que incluem também a saúde, educação, a cultura e a assistência social”, conta a coordenadora do CRM, Lúcia Gusson.

A mulher que sofre violência, nem sempre percebe que existe uma rede de apoio para ajudá-la a superar este momento de vulnerabilidade. A rede busca atender a mulher na sua integralidade, não apenas na questão da violência doméstica, mas também em outras mais específicas como encaminhar para tratamentos de saúde ou reinseri-la no mercado de trabalho. Através da rede, ela pode ganhar mais autonomia e romper em definitivo com o ciclo da violência.

 A Polícia Rodoviária Federal também faz parte da rede, monitorando a rodovia Régis Bittencourt no trecho que vai de Juquitiba à Taboão da Serra, abordando caminhoneiros e outros motoristas sobre a violência contra a mulher. “A Polícia Rodoviária Federal está recebendo cursos sobre a violência contra a mulher para aprimorar a abordagem nas ações. Conhecemos o CRM de Embu das Artes através da coordenadora do órgão Lúcia e da secretária interina Roberta Santos”, disse o inspetor da 4ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal de Itapecerica da Serra, Ronaldo Lopes.

Política de enfrentamento

A ampliação e o aperfeiçoamento das redes de proteção à mulher são prioridades dentro da Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres. O documento assegura que os governos (Estaduais, Distrito Federal e Municipais) e a sociedade civil possuem um papel a desempenhar na prevenção e no combate da violência contra as mulheres, e na assistência a ser prestada a cada uma delas. Todavia, ainda existe uma tendência ao isolamento dos serviços e à desarticulação entre os diversos níveis de governo no enfrentamento da questão. O trabalho em rede surge, então, como um caminho para superar essa desarticulação e a fragmentação dos serviços, por meio da ação coordenada de diferentes áreas governamentais, com o apoio e monitoramento de organizações não-governamentais e da sociedade civil como um todo.

Hoje, em Embu das Artes, as mulheres em situação de violência contam, além do CRM, com as Delegacias de Polícia, Delegacia da Mulher, os Centros de Referência da Assistência Social (Cras), as unidades básicas de saúdes e pronto-socorros.

Ouça a declaração do inspetor Ronaldo Lopes da Polícia Rodoviária Federal

CRM
Rua Dona Bernardina, 37, Jd. Arabutan
Telefone: (11) 4704-0238
E-mail: centrodereferenciadamulher@embudasartes.sp.gov.br

20/10/2017

Priscila Sampaio promove 4ª Caminhada contra o Câncer de Mama neste sábado, 21

A vereadora Priscila Sampaio, (PRB), realiza neste sábado, 21, a 4ª Caminhada contra o Câncer de...

19/10/2017

Polícia Militar abre concurso para formação de oficiais

A Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inscrições para a realização de concurso público...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

21/10/2017

Eduardo Nóbrega diz que ETEC será “divisor de águas” em Taboão

A expectativa com a inauguração da Escola Técnica (ETEC), ao lado da prefeitura vem aumentando a...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

21/10/2017

Secretaria de Cultura apoia o aniversário da Comunidade Filosofia de Quintal

Pelo terceiro ano consecutivo a Secretaria de Cultura de Taboão da Serra apóia a realização do...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.