Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Taboão celebra Dia Internacional da Mulher com palestras e poesia no Cemur

Por Sandra Pereira | 12/03/2015

cemur_mulher

Sandra PereiraIdealizado pela coordenadoria dos Direitos da Mulher a iniciativa contou com a participação de várias autoridades

A poesia foi a principal ferramenta para sensibilizar e conscientizar homens e mulheres presentes ao evento realizado no Cemur na segunda-feira, 9, em comemoração pela passagem do Dia Internacional do Mulher. Os poetas Joveci e Cocão fizeram bonito na abertura do evento. Em tom de apelo eles relataram casos de violência e superação pediram igualdade de direitos e semearam a necessidade de romper em definitivo com as agressões, humilhações e falta de respeito que ainda fazem parte da rotina das mulheres.

Idealizado pela coordenadoria dos Direitos da Mulher a iniciativa contou com a participação de várias autoridades. Sueli Amoedo, anfitriã da iniciativa levou ao público duas palestrantes que se esmeraram em disseminar a necessidade das mulheres ocuparem espaços políticos e sociais de forma igual aos homens. “Essa é uma data importante de reflexão. Temos muito que ainda precisa ser feito, mas também já avançamos bastante”, observou Sueli Amoedo.

O primeiro tema abordado já é conhecido de todos: a Lei Maria da Penha, mas, dessa vez, a advogada e poetisa Thais Bizaria  presenteou a todos com informações dadas por meio de poesia. A criatividade dela arrancou aplausos do público.

A segunda palestrante tratou de um tema super atual que anda causando transtornos a dezenas de mulheres: os crimes virtuais praticados contra as mulheres na internet que vão desde difamações, ameaças e outras formas de exposição negativa, até uso indevido de fotos pessoais.

“Esse governo pretende transformar a cidade e atender as populações mais vulneráveis. Esse evento promove a cultura de paz”, salientou Raquel Zacainer, secretária de Saúde.

Para o presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, José Aparecido Alves, o Cido, a data remete a reflexão sobre a luta das mulheres para conseguir garantir direitos fundamentais. Ele lamentou os casos recentes de estupro no jardim Salete e cobrou uma ação efetiva das forças policiais para capturar e prender os acusados.

“Ainda temos muitas barreiras a vencer e precisamos definir políticas públicas mais sérias na questão dos direitos das mulheres”, observou.

O vice-prefeito Laércio Lopes levou aos presentes abraço do prefeito Fernando Fernandes que estava em outro espaço e não pode comparecer. Ele classificou de execrável os casos de violência contra mulheres e lamentou que os homens ainda não tenham aprendido a valorizar corretamente quem os deu a vida.

“ Em nome da minha esposa a quem eu amo e sem a qual eu nada seria quero saudar todas as mulheres e dizer que devo a você Vilma tudo o que sou”, disse em tom emocionando e causando emoção entre os presentes. 

A vereadora Érica da Franquini saudou calorosamente todas as mulheres presentes. Falou da importância das mulheres ocuparem espaços de poder e defendeu que a sensibilidade feminina é diferencial relevante na vida pública.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.