Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Segurança pública, falta de luz e água foram discutidas pelos vereadores de Embu das Artes

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 26/02/2015

sessao_embu

Adriana MonteiroSessão ordinária aconteceu na quarta-feira, dia 25, em Embu das Artes 

Os vereadores de Embu das Artes na sessão ordinária na quarta-feira, dia 25, levantaram as questões de segurança, pública, falta de energia elétrica e falta de água no município. Constantes reclamações com relação aos três pontos motivaram os edis a expor os problemas e tentar achar uma solução. 

O vereador Doda Pinheiro criticou a atuação da AES Eletropaulo em Embu das Artes e destacou a falta de iluminação há mais de 10 dias na rua São Caetano, no Valo Verde além de outros bairros. O vereador alegou que a falta de energia é uma oportunidade para elevação de assaltos pela manhã e a noite. Doda Pinheiro cobrou respostas da empresa responsável pelo problema, uma vez que o motivo a falta de energia é falta de geradores. 

Já o vereador Jefferson ressaltou que a Sabesp tem deixado a desejar no serviço prestado na cidade. E o vereador Luiz do Depósito endossou a questão da segurança pública. Ele salientou que a Guarda Civil de Embu das artes tem maior efetivo que a Polícia Militar, ele enalteceu a atuação da GCM no município, e afirmou que para as coisas acontecerem a Câmara precisa se posicionar nas questões apresentando moções e convidando os responsáveis para esclarecimentos na Casa de Leis.

A vereadora Rosana Almeida destacou a alteração do Estatuto da Criança e do Adolescente com relação a bebidas alcoólicas e afirmou que é um grande passo estreitar ainda mais os artigos não deixando brechas para outras interpretações. O vereador Doda ressaltou a importância do estatuto e de oferecer ambiente agradável para as crianças e adolescentes. 

A moção de pesar 03/2015 de autoria do vereador Edvânio Mendes foi aprovada e elogiada por todos os demais vereadores. A moção trata do falecimento do missionário David Miranda e da colaboração do líder da igreja Deus é Amor ao próximo e como muitas pessoas foram evangelizadas pelo seu testemunho. Os vereadores Jefferson Siqueira, Gilson Oliveira, João Leite, Gilvan da Saúde, Clidão do Táxi, Jaba e o presidente Ney Santos lamentaram a morte do missionário e relembraram a trajetória dele.  



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.