Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores e comerciantes do centro de Taboão sofrem com enchentes

Por Sandra Pereira | 17/02/2015

renato

Renato RisoMoradores e comerciantes amargam prejuízos e cobram canalização de córrego para impedir enchentes no centro de Taboão

Esperada por todos como única solução contra o agravamento da falta de água a chegada da chuva é motivo de receio e temor para moradores e comerciantes da região central de Taboão da Serra. No período de chuvas as enchentes fazem parte da rotina dos moradores. Sem alternativa, ano a ano, eles veem suas casas e comércios serem invadidos pela água e amargam os prejuízos. Os moradores acreditam que a canalização do córrego que corta a região central é a única alternativa para eliminar as enchentes.

“Todos os anos essa situação se repete. Os prejuízos são imensos. Ninguém parece se importar.  Nada é feito. Enquanto essa canalização não for concluída a situação será a mesma”, afirma uma moradora da rua Santa Luzia. 

Entre as ruas mais prejudicadas no centro de Taboão estão a Santa Luzia, Getúlio Vargas,  João Santtuci e José Soares de Azevedo. Após as enchentes sobram lama e muita sujeira. Todos tem que trabalhar dobrado para limpar tudo e tentar minimizar o dano.

Nessas ruas todas as vezes que chove forte a água invade dezenas de casas e comércios. Como a chuva vem sem avisar normalmente as ruas estão repletas de veículos que também são invadidos pela água. 

Apesar das ruas mais atingidas ficaram bem próximas do piscinão que fica no limite entre Taboão da Serra e São Paulo os alagamentos  são constantes para o desespero de quem é obrigado a conviver com eles. Aos moradores sobram desespero e indignação e faltam alternativas. 
“Entra governo e sai governo e a situação da gente é mesma. Trabalhamos o ano inteiro para repor os prejuízos. Você compra um móvel novo a chuva vem e acaba com tudo” reclama um comerciante.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.