Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sem projetos, cobranças pelo desvio de dinheiro agita a sessão da Câmara de Itapecerica

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 11/02/2015

itap_sessao

Genildo RochaVereador Jonas Feijó rebateu criticas na tribuna na noite desta terça-feira, 10

Sem projetos para serem votados, os vereadores utilizaram da tribuna para rebater críticas da população no possível envolvimento dos edis no desvio de mais de R$ 2,4 milhões de reais dos cofres municipais. Na sexta-feira, dia 06, a Seccional de Taboão da Serra devolveu o caso para Delegacia de Itapecerica da Serra, uma vez que descartou a participação de agentes públicos na fraude. 

"O inquérito voltou da Seccional de Taboão devido não ter nenhum agente político envolvido na questão da fraude da Casa. Então senhores fiquem a vontade, quem quiser pode procurar o Dr. Marcelo, que está conduzindo o caso", disse Alex Pires, presidente da Câmara Municipal. 

O vereador Jonas Feijó se exaltou e alegou que é ficha limpa e caso alguém tenha denúncia contra ele, que deve se encaminhar para o DP e registrar o boletim de ocorrência. "Se você acha que eu coloco dinheiro no bolso vai lá na Delegacia. Os vereadores fizeram a lição de casa, quando recebemos a denúncia do Tribunal de Contas começou a investigação, agora procura um cheque meu lá e vê se você vai achar, procura de cada um desses vereadores que vocês estão acusando de ladrão", disse.  

O vereador Sangue Bom voltou a afirmar na tribuna que se o caso do desvio terminar em pizza, ele não será candidato a reeleição em 2016, segundo o vereador sentiria envergonhado de disputar uma eleição em uma cidade com um grande desvio de dinheiro e em contrapartida sem educação, saúde e obras de melhorias para a população.  

Já o vereador Profº Ernandes, fez críticas ao companheiro de partido que não citou o nome, dizendo que as pessoas tem falado coisas que não sabem e não tem certeza. Além disso, parabenizou a iniciativa do vereador Sangue Bom, de dar os nomes dos verdadeiros responsáveis que já confessaram os crimes. O vereador ainda rebateu críticas de envolvimento dos vereadores no caso e acusações de que ele teria chamado a população de "politiqueiro".  

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.