Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Estado atrasa entrega de medicamentos para prefeituras da região

Por Sandra Pereira | 27/07/2010

dose_certa_350.jpg

Estado atrasa entrega de medicamentos na região

Desde o início de 2010 as prefeituras da região estão amargando o atraso na entrega dos medicamentos que compõem o kit do programa Dose Certa, do governo do estado. Para evitar o desabastecimento nas unidades e garantir o atendimento à população as secretarias estão sendo obrigadas a comprar por conta própria os medicamentos que deveriam ser encaminhados gratuitamente às cidades pelo governo estadual.


Em Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica os remédios usados na atenção básica, além da medicação destinada à saúde mental e da mulher, estão sendo comprados pelas prefeituras. Os remédios do Dose Certa são produzidos pela Fundação para o Remédio Popular (Furp), laboratório público do governo.

Todas as secretarias municipais das cidades citadas reclamam da falta de comunicação do governo estadual, que segundo elas sequer informa uma previsão de normalização do repasse dos remédios.


“Estamos assumindo mais um custo”, lamenta o secretário de Saúde de Taboão da Serra, José Alberto Tarifa. “O nome do programa deveria ser Dose Incerta”, alfineta.


Já a secretária de saúde de Embu das Artes, Sandra Magali afirma que o estoque da cidade deu para suprir a demanda nesse período. “Mas, como não houve nenhuma comunicação a esse respeito ficamos numa situação delicada. Já são vários meses de atraso”, admite.

 
A superintendente da Autarquia de Saúde de Itapecerica da Serra, Michelle Sales, argumenta que o atraso no repasse também prejudica o atendimento na cidade. Ela lembra que os medicamentos são essenciais para o tratamento de problemas mais comuns como pressão alta, diabetes, saúde da mulher e saúde mental.


O Programa Dose Certa foi criado em  1995 e desde então distribui gratuitamente diversos tipos de medicamentos básicos, como analgésicos, antitérmicos, antibióticos, xaropes, antiinflamatórios e pomadas, que atendem ao tratamento da maioria das doenças mais comuns, como verminoses, febre, infecções, inflamações, pressão alta, diabetes, doenças do coração, além de sintomas como febre e dor.  Novos itens passaram a ser distribuídos recentemente para o Programa de Saúde Mental e Programa de Saúde da Mulher.


Em Embu das Artes, de acordo com Sandra Magali, o volume de medicamentos fornecido pelo Estado, por meio  do programa, não atende a necessidade total do município, que faz licitação para compra dos remédios que faltam para distribuição.

 
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo esclarece que os atrasos na entrega de medicamentos do programa Dose Certa aos municípios de Itapecerica da Serra, Embu e Taboão da Serra ocorreram por consequência de uma greve na Fundação para Remédio Popular (Furp), órgão responsável pela produção e distribuição de medicamentos do programa.


De acordo com a assessoria a entrega será normalizada para as três cidades até o dia 28 de julho. Desde janeiro até julho deste ano, a Secretaria de Estado da Saúde já distribuiu mais de 13 milhões de unidades farmacêuticas a essas três cidades, sendo que 2.672.938 foram  para cidade de Itapecerica da Serra, 6.719.251 para  Embu, e 4.517.361 para Taboão da Serra.

marieta augusta de miranda

Boa tarde. Gostaria de saber onde tem um posto proximo da minha casa onde posso pegar medicamentos no dose certa. Moro em Taboaão da serra SP obrigada Marieta

18/06/2017

Profissões: no Icesp, equipe se especializa em tratar ‘dor da alma’

Dizem que na vida só há uma certeza: a de que todos somos finitos. Como lidar com essa verdade,...

13/06/2017

Excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo em apenas um ano

Estudo feito pela Universidade de Washington aponta a obesidade como uma crise de saúde pública...

09/06/2017

Simulado Start é aplicado para profissionais do SAMU de Taboão

Profissionais do SAMU de Taboão da Serra (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) participaram...

09/06/2017

Insônia pode ser intensificada com mudanças climáticas drásticas

A insônia pode aparecer por diversos motivos, como ansiedade, estresse ou depressão. Mas...

09/06/2017

Prefeitura de Taboão imuniza 54 pessoas em situação de rua contra a gripe

A Prefeitura de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 8 de junho, um mutirão de vacinação...

09/06/2017

Secretaria de Saúde de Taboão lança Programa Rede de Proteção ao Adolescente

O Programa Rede de Proteção ao Adolescente lançado em Taboão da Serra pela Secretaria de Saúde...

06/06/2017

Governo do Estado de São Paulo solicita 31 milhões de doses extras da vacina

Diante da recomendação feita na última sexta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde em ampliar a...

04/06/2017

Vacina contra o vírus H1N1 é prorrogada até o próximo dia 09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 09 de junho a campanha de vacinação contra o vírus...

03/06/2017

ANS determina suspensão da venda de 38 planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da comercialização...

02/06/2017

Conheça o esporão e entenda como ele prejudica a saúde dos pés

A entesopatia de calcâneo, ou esporão de calcâneo, é uma doença que ocorre por conta da...

22/06/2017

Dois homens são presos por transportar ilegalmente 140 pássaros silvestres

Na noite da última quarta-feira (21), durante fiscalização de combate da Polícia Rodoviária...

22/06/2017

Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e...

22/06/2017

Venda de terrenos irregulares acontece em Embu das Artes

No extremo oeste de Embu das Artes, município da Região Metropolitana de São Paulo, o bairro...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.