Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Prefeitura de Taboão não vai renovar contrato com a viação Pirajuçara

Por Sandra Pereira | 28/01/2015

piraju

Sandra Pereira Se quiser permanecer atuando em Taboão Pirajuçara terá que participar da licitação e se adequar às exigências que serão feitas 

No mês de abril acaba o contrato da viação Pirajuçara com a prefeitura de Taboão da Serra para a exploração do transporte público municipal. Já é certo que a prefeitura não pretende renovar o contrato com a empresa automaticamente. A Pirajuraça tem contrato de 15 anos com possibilidade de renovação por mais cinco, mas não haverá renovação. Agora, uma nova licitação para o transporte municipal será feita com base em estudos que estão sendo realizados pela equipe técnica da prefeitura.

A ideia inicial será propor um novo modelo de transporte baseado em mais tecnologia, com a implantação da bilhetagem eletrônica, reestudo tarifário e até o reordenamento das linhas circulares. A meta é atender as demandas recentes da população e melhorar a qualidade do transporte municipal muitas vezes alvo de críticas.

A proposta é  abrangente e pretende mudar  a cara do transporte público municipal em Taboão da Serra, segundo o secretário Municipal de Transportes Rinaldo Tacola. Ele avisa que a viação Pirajuçara não terá seu contrato renovado automaticamente e diz que a empresa terá de participar da licitação, como qualquer outra, se desejar permanecer atuando na cidade.

“Vamos fazer uma nova licitação. A partir daí teremos um novo modelo de transporte e tarifário. Ainda não é possível detalhar como isso vai acontecer uma vez que os estudos foram iniciados mas não temos nada concluído”, afirma Rinaldo Tacola.

Ele lembra que a prefeitura negou novo pedido de reajuste de tarifa da Pirajuçara após análise das planilhas de custo da empresa. Informa que um dos desafios propostos a equipe técnica é  avaliar se a gratuidade do Bilhete Único municipal será de duas ou três horas e explica que esse é um dos pontos chaves do reordenamento já que na prática acarreta na redução do número de passageiros pagantes.

“Vamos definir o período da gratuidade. Estudar o impacto. Faremos uma mudança grande de tecnologia. Poderá haver remanejamento de linhas e integração. Estamos fazendo levantamento de custo pois todos esses fatores alteram a questão tarifária”, observou.

Tino

Eu acho que passageiro tem dois direitos: 1º pagar a tarifa e passar pra trás. 2° não abusar do primeiro. Povinho mal educado desse Taboão, gente hipócrita, cobrando cortesia e bom atendimento, não são capazes de sequer tratar o outro com educação, deviam ser transportado em caçambas. Até pensei um dia em me tornar motorista de ônibus, mas preferi carregar tijolos.

Neco

O sistema atual é muito precário. Não há regras , fiscalização e a empresa faz o que quer. Não cumpre horários , ônibus sujos, motoristas com dupla função e mal educados e serviço caro sim ! empresa sem compromisso com qualidade e bem estar do passageiro. A prefeitura tem que cumprir seu papel de agente público para melhorar esse serviço. Torço para que essa empresa caia fora e venha uma melhor , mas isso não deve acontecer. No papel é uma coisa , mas nos bastidores outra.Há conluio entre os próprios empresários para um não invadir a área do outro... é a "ética" deste segmento.

Ed

As empresas tem que respeitar os passageiros. Não estamos usando o transporte de graça, pagamos caro Por isso. Tem que ser obrigatório ar condicionado na frota e uma maior quantidade de carros nas linhas para atender a população.

Caroline

É uma vergonha! A tarifa de 3,15 subiu para 4,10!!! Ainda bem que essa prefeitura tomou vergonha e resolveu ter uma atitude! Ônibus lotado...preço injusto!

25/06/2017

Acidente entre ônibus e veículo partícular deixa trânsito lento na Régis

Um acidente na BR 116 sentido Embu das Artes, em frente ao AssaÍ Atacadista, envolvendo dois...

20/06/2017

19 pontos de ônibus vão ser trocados ou reformados em Taboão da Serra

Dezenove pontos de ônibus localizados em pontos estratégicos e de grande fluxo de passageiros...

19/06/2017

Jovens se envolvem mais em acidentes graves no trânsito

Segundo dados do INFOSIGA SP do mês de maio, feito pelo Movimento Paulista de Segurança no...

13/06/2017

Programa Mais Asfalto quer acabar com buracos e melhorar qualidade do asfalto

Há anos a má qualidade do asfalto das ruas de Embu das Artes é um dos principais problemas...

06/06/2017

Caminhão que transportava álcool tomba no Rodoanel e deixa trânsito lento

Dois caminhões se envolveram em um acidente no fim da manhã desta terça-feira (06), no Rodoanel...

30/05/2017

Avança Projeto de Lei que proíbe radares móveis em rodovias

A Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados em Brasília (DF) deu parecer...

29/05/2017

Acidente com um vítima fatal travou o trânsito na Régis Bittencourt em Taboão

Uma pessoa morreu por conta de um acidente grave envolvendo 5 veúlos no começo da noite deste...

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

25/05/2017

Taboão inaugura Serviço de Acolhimento para Crianças e Adolescentes

O Dia Nacional da Adoção, celebrado nesta quinta-feira, 25, foi marcado em Taboão da Serra, pela...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

25/06/2017

Quentão do Taboão começa na sexta e promete agitar finais de semana

A esperada Arena Multiuso de Taboão da Serra vai ser aberta ao público nesta sexta-feira, 30,...

25/06/2017

Polícia de Campinas apreende 2 toneladas de maconha que vinha para Embu

25/06/2017

Hugo Prado viabiliza parceria e traz cursos superiores da UniVesp para Embu

O desemprego crescente em Embu e a falta de mão-de-obra qualificada ampliam a necessidade de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.