Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Cai número de roubos em Taboão; GCM realiza 19 flagrantes em dezembro

Por Edimon Teixeira | 22/01/2015

materia_10

Imprensa Oficial de Taboão Os atendimentos da GCM superarem os da Polícia Militar em Taboão da Serra 

A Guarda Municipal de Taboão da Serra realizou 19 flagrantes de 1º a 31 de dezembro de 2014, o que representa 65,6% dos atendimentos feitos pelas forças de segurança que atuam na cidade. No mesmo período, a Polícia Militar foi responsável pelo atendimento de outras 10 ocorrências, sendo 07 apresentados pela 4ª CIA e 03 pela 2ª CIA.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP/SP), divulgados pela Delegacia Seccional de Taboão da Serra, que apontam ligeira queda no número de furtos gerais (2,38%), roubos (4,32%) e roubos de veículos (7,69%), se comparado com mesmo período em 2013.

Para Gerson Brito, secretário de Segurança, os números comprovam a importância do trabalho em conjunto. “Muito me orgulha ver a evolução da GCM. Nosso inimigo em comum é a criminalidade e os dados falam por si só da importância de mantermos e intensificarmos estas parcerias que têm dado tão certo”, comemora.

De acordo com as informações, dentre os atendimentos, a maior incidência foi dos crimes de roubo a transeunte (03), furtos a estabelecimentos comercias (04), embriaguez ao volante (05), receptação de veículos (04), furtos qualificados (03) e porte ilegal de arma de fogo (02). Ainda roubo de veículo e a estabelecimentos comercias, dentre outros.

A Guarda Municipal de Taboão da Serra atua desde agosto de 2014 com aval da Lei 13.022 (Estatuto Geral das Guardas Municipais), que reconheceu o poder de polícia das corporações em todo o país. “Preparamos nossos agentes há meses para esta realidade que se tornava cada vez mais inevitável e hoje temos o resultado”, ressalta Brito.


Raio X da criminalidade

O estudo feito pela polícia Civil aponta ainda os bairros de maior incidência e horário das ocorrências. De acordo com os dados, a área central (05), Cidade Intercap (04) e Jardim Record (03) são os bairros com maior índice de crimes e o horário mais perigoso para o transeunte é do período das 18h às 02h, sendo que 30%  dos casos foram na 1ª semana do mês.

A faixa etária dos envolvidos vai dos 18 aos 49 anos, sendo a grande maioria (mais de 90%) do sexo masculino. Outra informação do levantamento aponta um dado já conhecido da segurança pública: a migração da criminalidade. Mais de 60% dos autores são das cidades vizinhas, com destaque para os bairros Campo Limpo, Capão Redondo e Paraisópolis. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.