Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Arautos do Evangelho inauguram sinos da Basílica neste domingo em Embu

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 22/01/2015

arautos

Divulgação

No próximo dia 25/1, a Associação  Arautos do Evangelho, entre Embu  das Artes e Cotia, irá inaugurar o campanário da Basílica Nossa Senhora de Fátima. Esta será a primeira vez que sinos da marca francesa Fonderie Paccard  serão instalados no Brasil. O secretário de Turismo, Valdir Barbosa,  participará da solenidade.

Os sinos e a História

Na história da Igreja Católica, como da civilização ocidental, os sinos sempre tiveram um papel de significativa importância. Soam festejando a paz depois de terem anunciado guerras, marcaram as horas, convidaram os fiéis para os ofícios litúrgicos, proclamaram  a Páscoa, o Natal, as grandes festas e, respeitosos, anunciaram a solenidade da morte.

Enfim, estão inseridos na vida das pessoas,  desde as pequenas e singelas capelas à magnificência das grandes catedrais ou basílicas, interpretando e voz dos homens, arautos da voz do próprio Deus. Os sinos da francesa Fonderie Paccard, fundada em 1796, são um dos mais  tradicionais da Europa,  sendo considerados  a “Stradivarius (marca dos melhores violinos do mundo) dos sinos”.  As informações são da própria Associação.

Programação:

16h45 - Anúncio solene da Missa, com “dobrar dos sinos” do Campanário

17 h - Missa em Ação de Graças

18h - Toque do Angelus, bênção final seguida de concerto dos sinos do campanário,

acompanhado de órgão e trompete.

Após o breve concerto, haverá um cocktail para os presentes.

A Associação    

O Arautos foi reconhecido pelo então Papa Bento XVI em 2001 e está  na cidade desde 2005. Instalados em um amplo complexo de 40 mil metros quadrados, unindo a natureza a um belo conjunto de construções, os Arautos realizam as atividades no Projeto Futuro e Vida e no Colégio Arautos do Evangelho, procurando levar a juventude a cumprir as premissas da Igreja Católica.







Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.