Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Autopista registra redução no número de mortes em 2014 na região

Por Assessoria de Imprensa | 19/01/2015

retorno

Arquivo Jornal na Net O balanço anual também representa o menor número de vítimas fatais registrado desde o início da concessão, em 2008

A Autopista Régis Bittencourt, concessionária da Arteris, registrou a redução de 26% no número de mortes em 2014, na comparação com o mesmo período de 2013. Este ano, de janeiro a dezembro, foram registradas 130 mortes na rodovia, frente a 175 ocorrências do mesmo tipo ocorridas no ano passado. Os acidentes fatais também apresentaram redução de 18,4% no mesmo período (vide tabela 1); e os outros tipos de acidentes (com feridos e sem vítimas), no total, também registraram uma redução de 3,2% em relação a 2013. Desde o início da Concessão, em 2008, este é o menor número de vítimas fatais registrado em um ano. 

 - tabela 1 -

2013

2014

Redução

Acidentes Fatais

146

119

18,4%

Vítimas fatais

175

130

26%

Trata-se de resultado significativo para a segurança dos usuários da Régis Bittencourt. As ocorrências mais comuns na BR-116, entre São Paulo e Curitiba, em 2014, foram os atropelamentos, seguidas das saídas de pista, as colisões traseiras e os choques com objeto fixo (barreiras de concreto, muretas). É importante ressaltar que, desde 2011, a Concessionária vem registrando importante redução de acidentes na rodovia na comparação ano a ano:

 - tabela 2 -

Número de acidentes

2011

2012

2013

2014

6.823

6.504

5.764

5581

Desde 2008, a Concessionária investiu mais de R$1,9 bilhão em melhorias e na operação da rodovia. Um investimento importante que a Concessionária realizou em 2014 foi nas obras de implantação de trevos em desnível, com o início de dez obras de novos viadutos para passagem superior e inferior, que proporcionarão um ganho na segurança viária em relação aos retornos em nível que ainda operam na rodovia. São seis obras de novos trevos na região entre Itapecerica da Serra e Juquitiba (SP) – no km 288, no km 292, no km 297, no km 305, no km 312 e no km 322; um novo trevo na região de Miracatu (SP), no km 397; e três obras na região de Colombo (PR), no km 15,3, no km 12,8 e no km 17,5.

Ao todo, a Concessionária já concluiu doze obras de novos trevos em desnível, que permitem os movimentos de retorno na rodovia e o acesso a bairros e municípios de forma segura, atendendo o tráfego urbano e rodoviário e evitando que os usuários façam o cruzamento pela rodovia. A segurança viária será reforçada também com a conclusão das obras de vias marginais, que estão sendo construídas nos municípios de Juquiá, Miracatu, Colombo, Quatro Barras e Campina Grande do Sul.

Neste ano, a implantação de equipamentos para a iluminação da rodovia também foi um importante investimento que contribui diretamente para a segurança na via. Foram iluminados cerca de 50 pontos na rodovia, entre marginais, acessos, trevos e passarelas. A iluminação também foi implantada em conjunto com o reforço de sinalização vertical e horizontal para o tratamento de pontos críticos de acidentes, que foi o caso do trecho entre o km 31 e km 32 da pista sentido São Paulo, conhecido como Curva da Cigana, em Campina Grande do Sul (PR).

Duplicação da Serra do Cafezal

Em 2014, a Concessionária liberou ao tráfego 6,5 quilômetros de pista nova duplicada na Serra do Cafezal, na região de Miracatu (SP). Com esses novos trechos concluídos e liberados, a Concessionária já entregou, ao todo, 17,5 quilômetros de pista nova, o que representa 60% do total das obras de duplicação. A liberação das pistas novas, além de minimizar as ocorrências de congestionamentos, também vem surtindo efeito quanto ao número de acidentes e mortes neste trecho da rodovia. Desde 2010, quando foram iniciadas as obras de implantação da segunda pista, houve uma significativa redução de mortes, chegando a 50% em 2013.

Atualmente as obras de duplicação acontecem em um segmento de 4,5 quilômetros, em trechos intercalados, em ambos os sentidos da rodovia, com a construção de três túneis e cinco viadutos. Um trecho de aproximadamente 8 quilômetros, na parte central da Serra do Cafezal, receberá obras em 2015 e será iniciada a construção do quarto e último túnel, na altura do km 349, em Miracatu (SP).

Rodovia monitorada 24 horas

A Concessionária presta ainda serviços de atendimento aos usuários com socorro médico e mecânico, inspeção de tráfego e atendimento 24 horas via 0800. Existem 10 Bases Operacionais distribuídas ao longo da rodovia e uma equipe composta por 400 profissionais e 50 veículos operacionais, que monitoram a rodovia constantemente. O sistema de monitoração do tráfego conta ainda com Circuito Fechado de TV (CFTV), com a operação de 196 câmeras, o que representa 80% de cobertura da pista. Além das câmeras, o sistema de monitoração contempla duas estações meteorológicas, 8 painéis de mensagens variáveis fixos e seis painéis de mensagens variáveis móveis.

Foco na redução de acidentes

Este ano, a Arteris criou o GERAR - Grupo Estratégico de Redução de Acidentes, no qual a Autopista Régis Bittencourt, juntamente com outras oito empresas do grupo, atuará no monitoramento dos pontos mais críticos das rodovias sob sua administração; promoverá ações preventivas e atuações conjuntas com Polícia Rodoviária Federal e Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, visando a redução da fatalidade dos acidentes rodoviários. Até 2020, a Arteris tem a meta de reduzir esse índice em 50% nas rodovias que administra.

07/12/2017

Prefeitura de Taboão fecha cerco a publicidade irregular em abrigos de ônibus

Em vigor há quase 10 anos, o Código Tributário de Taboão da Serra (Lei Complementar Nº...

04/12/2017

Brasil sedia encontro internacional para discutir despoluição dos transportes

O primeiro Encontro Internacional sobre Descarbonização do Transporte reunirá em Brasília, a...

03/12/2017

Loja do Cartão Bom de Itapecerica fecha as portas e usuários são prejudicados

Usuários foram surpreendidos com a notícia do fechamento da loja do Cartão Bom de Itapecerica da...

30/11/2017

Governador promete que IPVA 2018 será mais barato em São Paulo

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará mais barato em São Paulo em...

27/11/2017

Setram multa Fervima após ônibus circular perder janela durante viagem

A secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana multou em mais de R$ 9 mil a empresa Viação...

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

13/11/2017

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu hoje (13) normalmente, após ter 34...

13/11/2017

Em sua 1ª edição, POP Run reúne mais de 600 corredores nas ruas de Taboão

Mais de 600 corredores profissionais e amadores participaram na manhã deste domingo (12) da 1ª...

13/11/2017

Moradores se unem e deputada Analice consegue reverter paralização da linha 029

A máxima de que o povo unido jamais será vencido virou realidade na última sexta-feira, 10,...

12/11/2017

Moradores do Jardim Clementino, Guaciara e Roberto em Taboão reclamam de buracos

A população de Taboão da Serra, entre os bairros do Jardim Clementino, Jardim Guaciara e Jardim...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.