Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Autopista registra redução no número de mortes em 2014 na região

Por Assessoria de Imprensa | 19/01/2015

retorno

Arquivo Jornal na Net O balanço anual também representa o menor número de vítimas fatais registrado desde o início da concessão, em 2008

A Autopista Régis Bittencourt, concessionária da Arteris, registrou a redução de 26% no número de mortes em 2014, na comparação com o mesmo período de 2013. Este ano, de janeiro a dezembro, foram registradas 130 mortes na rodovia, frente a 175 ocorrências do mesmo tipo ocorridas no ano passado. Os acidentes fatais também apresentaram redução de 18,4% no mesmo período (vide tabela 1); e os outros tipos de acidentes (com feridos e sem vítimas), no total, também registraram uma redução de 3,2% em relação a 2013. Desde o início da Concessão, em 2008, este é o menor número de vítimas fatais registrado em um ano. 

 - tabela 1 -

2013

2014

Redução

Acidentes Fatais

146

119

18,4%

Vítimas fatais

175

130

26%

Trata-se de resultado significativo para a segurança dos usuários da Régis Bittencourt. As ocorrências mais comuns na BR-116, entre São Paulo e Curitiba, em 2014, foram os atropelamentos, seguidas das saídas de pista, as colisões traseiras e os choques com objeto fixo (barreiras de concreto, muretas). É importante ressaltar que, desde 2011, a Concessionária vem registrando importante redução de acidentes na rodovia na comparação ano a ano:

 - tabela 2 -

Número de acidentes

2011

2012

2013

2014

6.823

6.504

5.764

5581

Desde 2008, a Concessionária investiu mais de R$1,9 bilhão em melhorias e na operação da rodovia. Um investimento importante que a Concessionária realizou em 2014 foi nas obras de implantação de trevos em desnível, com o início de dez obras de novos viadutos para passagem superior e inferior, que proporcionarão um ganho na segurança viária em relação aos retornos em nível que ainda operam na rodovia. São seis obras de novos trevos na região entre Itapecerica da Serra e Juquitiba (SP) – no km 288, no km 292, no km 297, no km 305, no km 312 e no km 322; um novo trevo na região de Miracatu (SP), no km 397; e três obras na região de Colombo (PR), no km 15,3, no km 12,8 e no km 17,5.

Ao todo, a Concessionária já concluiu doze obras de novos trevos em desnível, que permitem os movimentos de retorno na rodovia e o acesso a bairros e municípios de forma segura, atendendo o tráfego urbano e rodoviário e evitando que os usuários façam o cruzamento pela rodovia. A segurança viária será reforçada também com a conclusão das obras de vias marginais, que estão sendo construídas nos municípios de Juquiá, Miracatu, Colombo, Quatro Barras e Campina Grande do Sul.

Neste ano, a implantação de equipamentos para a iluminação da rodovia também foi um importante investimento que contribui diretamente para a segurança na via. Foram iluminados cerca de 50 pontos na rodovia, entre marginais, acessos, trevos e passarelas. A iluminação também foi implantada em conjunto com o reforço de sinalização vertical e horizontal para o tratamento de pontos críticos de acidentes, que foi o caso do trecho entre o km 31 e km 32 da pista sentido São Paulo, conhecido como Curva da Cigana, em Campina Grande do Sul (PR).

Duplicação da Serra do Cafezal

Em 2014, a Concessionária liberou ao tráfego 6,5 quilômetros de pista nova duplicada na Serra do Cafezal, na região de Miracatu (SP). Com esses novos trechos concluídos e liberados, a Concessionária já entregou, ao todo, 17,5 quilômetros de pista nova, o que representa 60% do total das obras de duplicação. A liberação das pistas novas, além de minimizar as ocorrências de congestionamentos, também vem surtindo efeito quanto ao número de acidentes e mortes neste trecho da rodovia. Desde 2010, quando foram iniciadas as obras de implantação da segunda pista, houve uma significativa redução de mortes, chegando a 50% em 2013.

Atualmente as obras de duplicação acontecem em um segmento de 4,5 quilômetros, em trechos intercalados, em ambos os sentidos da rodovia, com a construção de três túneis e cinco viadutos. Um trecho de aproximadamente 8 quilômetros, na parte central da Serra do Cafezal, receberá obras em 2015 e será iniciada a construção do quarto e último túnel, na altura do km 349, em Miracatu (SP).

Rodovia monitorada 24 horas

A Concessionária presta ainda serviços de atendimento aos usuários com socorro médico e mecânico, inspeção de tráfego e atendimento 24 horas via 0800. Existem 10 Bases Operacionais distribuídas ao longo da rodovia e uma equipe composta por 400 profissionais e 50 veículos operacionais, que monitoram a rodovia constantemente. O sistema de monitoração do tráfego conta ainda com Circuito Fechado de TV (CFTV), com a operação de 196 câmeras, o que representa 80% de cobertura da pista. Além das câmeras, o sistema de monitoração contempla duas estações meteorológicas, 8 painéis de mensagens variáveis fixos e seis painéis de mensagens variáveis móveis.

Foco na redução de acidentes

Este ano, a Arteris criou o GERAR - Grupo Estratégico de Redução de Acidentes, no qual a Autopista Régis Bittencourt, juntamente com outras oito empresas do grupo, atuará no monitoramento dos pontos mais críticos das rodovias sob sua administração; promoverá ações preventivas e atuações conjuntas com Polícia Rodoviária Federal e Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, visando a redução da fatalidade dos acidentes rodoviários. Até 2020, a Arteris tem a meta de reduzir esse índice em 50% nas rodovias que administra.

25/06/2017

Acidente entre ônibus e veículo partícular deixa trânsito lento na Régis

Um acidente na BR 116 sentido Embu das Artes, em frente ao AssaÍ Atacadista, envolvendo dois...

20/06/2017

19 pontos de ônibus vão ser trocados ou reformados em Taboão da Serra

Dezenove pontos de ônibus localizados em pontos estratégicos e de grande fluxo de passageiros...

19/06/2017

Jovens se envolvem mais em acidentes graves no trânsito

Segundo dados do INFOSIGA SP do mês de maio, feito pelo Movimento Paulista de Segurança no...

13/06/2017

Programa Mais Asfalto quer acabar com buracos e melhorar qualidade do asfalto

Há anos a má qualidade do asfalto das ruas de Embu das Artes é um dos principais problemas...

06/06/2017

Caminhão que transportava álcool tomba no Rodoanel e deixa trânsito lento

Dois caminhões se envolveram em um acidente no fim da manhã desta terça-feira (06), no Rodoanel...

30/05/2017

Avança Projeto de Lei que proíbe radares móveis em rodovias

A Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados em Brasília (DF) deu parecer...

29/05/2017

Acidente com um vítima fatal travou o trânsito na Régis Bittencourt em Taboão

Uma pessoa morreu por conta de um acidente grave envolvendo 5 veúlos no começo da noite deste...

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

25/05/2017

Taboão inaugura Serviço de Acolhimento para Crianças e Adolescentes

O Dia Nacional da Adoção, celebrado nesta quinta-feira, 25, foi marcado em Taboão da Serra, pela...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

25/06/2017

Quentão do Taboão começa na sexta e promete agitar finais de semana

A esperada Arena Multiuso de Taboão da Serra vai ser aberta ao público nesta sexta-feira, 30,...

25/06/2017

Polícia de Campinas apreende 2 toneladas de maconha que vinha para Embu

25/06/2017

Hugo Prado viabiliza parceria e traz cursos superiores da UniVesp para Embu

O desemprego crescente em Embu e a falta de mão-de-obra qualificada ampliam a necessidade de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.