Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Taboão antecipam voto e “elegem” Marcos Paulo presidente da Câmara

Por Sandra Pereira | 4/12/2014

vereadores_tab

Sandra Pereira

Numa das maiores e mais arriscadas manobras políticas já executadas em Taboão da Serra os vereadores Marcos Paulo (Pros), Érica Franquini (PSDB), Cido da Yafarma (DEM), Ronaldo Onishi (Solidariedade), Luzia Aprígio (PSB), Luiz Lune (PCdoB) e professor Moreira (PT), anunciaram em entrevista coletiva na noite desta quinta-feira, 4, os votos na eleição da mesa diretora da Câmara. Os sete declararam que vão votar em Marcos Paulo para presidente, Érica Franquini, vice-presidente, Cido 1º secretário e Onishi 2º secretário. A nova mesa diretora da Casa está  eleita, ainda que em votação apertada, se nenhum dos vereadores mudar o voto. Os sete garantiram que não voltam atrás e se disseram dispostos a enfrentar qualquer tipo de pressão.  

“Só Deus muda o meu voto. Estou consciente e tranquilo. O voto tá decidido independente da data da eleição”, repetiram os sete vereadores como em única voz. 

O que chamou a atenção na coletiva foi a união do grupo. Mesmo diante dos boatos de demissão em massa dos cargos políticos no governo eles não arrefeceram da decisão. Os seis vereadores que ficaram de fora do anúncio tentam eleger Carlinhos do Leme (PP) que na prática perde a eleição por apenas 1 voto. A escolha da mesa diretora da Câmara estava marcada para o dia 9 , mas deve ser alterada em razão do anúncio feito pelos vereadores que anteciparam a votação. O ato de rebeldia dos vereadores foi recebido com surpresa e insatisfação pelo grupo dos seis que ainda espera reverter a situação e já fala em adiar a votação.  

Falando como presidente do Legislativo Marcos Paulo disse que a mesa “eleita” não é de oposição ao governo do prefeito Fernando Fernandes (PSDB). Lembrou que sempre fez defesa do governo na Casa ao lado de Érica Franquini, Cido, e Onishi e garantiu que só não estará ao lado do prefeito na campanha eleitoral de 2016 caso ele não queira. Marcos Paulo disse que vai agir para unificar a Câmara e falou que sua meta será aproximar o Legislativo da população. Paulinho convidou os integrantes dos chamado grupo dos seis a apoiar sua candidatura e disse que na Casa vai atuar em defesa da unidade do parlamento. 

“Somos base do prefeito. A eleição da mesa é um processo interno que não afeta o governo. A gente não quer ser oposição. O voto de cada um aqui foi muito pensado e decidido. Esse grupo está unido. É forte e ninguém vai desistir. Estamos aqui de forma transparente todo mundo apalavrando o seu voto”, afirmou Marcos Paulo. "Nunca  pratiquei a política de segregação na Casa", completou, fazendo referência ainda que velada ao fato do grupo que ele lidera ter sido tratado com desdém em algumas situações internas, fato que deixou sequelas na relação entre os vereadores e que se refletiu na eleição.

Havia entre os vereadores uma espécie de acordo com o  prefeito Fernando Fernandes segundo o qual o novo presidente deveria ser eleito com voto dos 10 vereadores da base. Líder da oposição o vereador Moreira disse na entrevista coletiva que foi procurado pelos vereadores André Egydio (PSDB), Joice Silva (PTB) e Eduardo Nóbrega (PR) que pediu voto para Carlinhos do Leme (PP). Só depois disso ele teria ouvido a proposta de Marcos Paulo e somente nesta quarta-feira, 3, teria declarado seu apoio a ele. 

“Dizia-se de tribuna que o voto da oposição não valia. Nós ficamos quietos até que eu fui procurado por vários deles e acabei achando a composição neste time mais viável. Os nomes da base natural do prefeito não tinham o compromisso de tornar a Câmara mais democrática”, falou Moreira. “Todos os vereadores tem direito a voto. Cada um tem seu peso na Casa. Não se pode negar isso. O Parlamento não pode ser visto de forma pessoal. É preciso buscar o consenso”, completou Marcos Paulo. 

Ronaldo Onishi pregou a conciliação entre a Câmara e o governo. Lembrou que política é a arte de compor e disse que a antecipação do voto inicia a composição na Casa. Ele também disse que é governo e que a decisão não afeta a relação com o prefeito Fernando Fernandes.

"Nós iremos fazer uma Câmara para todos os vereadores. Vamos querer compor com todos eles. Ouvir e se aproximar. Temos tudo para fazer uma grande gestão. Nossa relação com a oposição será a mesma de sempre. A oposição votou vários projetos do governo. Haverá momentos em que teremos posições antagônicas, mas é normal", afirmou. 

Cido ressaltou que a nova mesa não será de oposição e disse que o voto para Marcos Paulo é fruto de muita reflexão e pelo fato dele estar preparado para a tarefa.

"Não estamos formando uma mesa de oposição. É uma mesa para administrar o Legislativo. Meu voto não tem volta. Estou declarando porque o meu voto é inquestionável. Sou um dos que mais defendeu o governo, mas a eleição é uma questão interna e o Paulinho é quem melhor representa o modelo de legislativo desse novo momento", falou. 

Uma das vereadoras que mais sofreu a pressão interna na Casa, Érica Franquini, se disse disposta a enfrentar qualquer dificuldade ou pressão para manter seu voto. Ao ser questionada sobre a possibilidade de sofrer pressão dentro do PSDB disse que está preparada para tudo, até mesmo pra expulsão. Sobre os boatos de exoneração dos cargos políticos ligados a ela falou que todos os cargos são do prefeito. "Já me expulsaram do PDT e se o PSDB fizer o mesmo não tem problema. Só Deus muda meu voto. Aprendi muito esses dois anos. Já passei muita coisa. Não tenho medo de retaliação e nem ameaça. Não estamos contra o prefeito. A votação é interna", disse. 

O vereador Luiz Lune disse que seu partido não tem nenhum problema em compor com o governo. Disse considerar desastroso e triste a participação do Executivo na eleição da Câmara.

"Meu partido não tem problema com o PSDB. Não teria problema em estar no governo. Mas é triste ver a interferência numa eleição interna. Sempre votei com o governo em quase todos os projetos. A gente quer dizer que nossos votos valeram e vale na eleição de qualquer mesa", disse Lune que revelou já haver prometido voto a Marcos Paulo. 

Pego de surpresa com anúncio dos pares o presidente da Câmara, Eduardo Nóbrega, reagiu ao anúncio com incredulidade. O presidente disse que por conta do anúncio a data da eleição será alterada, medida que a até a última terça-feira era considerada por ele como golpe – relembre aqui

“Não sei mais quando será a eleição. A situação se complica e os demais candidatos se rebelam. Tudo isso está sendo uma surpresa para mim. Os líderes agora terão que se reunir e conversar. A eleição ainda não aconteceu. Mas se isso se confirmar haverá uma alteração inevitável na base do prefeito”, avisou Nóbrega. 

A reportagem do Jornal na Net tentou contato com o prefeito Fernando Fernandes para comentar o assunto, mas o secretário de comunicação, Daniel Sá, afirmou que ele só irá comentar o anúncio dos vereadores posteriormente. 

17º

Luis Carlos

DESCULPE PREFEITO FERNANDO NÃO CONSEGUI ENTENDER O SENHOR AINDA!!! QUER DIZER QUE SE NÃO FAZER A VONTADE DE EDUARDO NOBREGA ESTA TRAINDO O SENHOR! O SENHOR ESTA COM MEDO DELE? NÃO ENTENDI AINDA? O QUE O SENHOR TEM A VER COM A ELEIÇÃO DA MESA? CUIDADO COM OS NOBREGAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ELES QUEREM SUA CADEIRA

16º

Mario Gomes

Parabens Vereador Marcos Paulo pela sua estratégia politica, mostrou que tem sabedoria, ja tem mais um voto como futuro prefeito.

15º

alex

Meu Deus a cidade esta entregue aos ventos isto parece ser arrumar dificuldade para arrumar facilidade, já que querem se aproximar da população porque não destina 10% do salario de cada um para uma entidade que precise, líder não se constrói, líder nasce, pq então já que querem mostrar ser um grupo bom p cidade mostre para cidade quem são os ex vereadores que aumentaram o IPTU, ou seja tem gente que esta na oposição pq só que ver seus em prendimentos e de seus parentes, pois ninguém ta ai brigando para construir uma creche um posto saúde ou algo ao povo só querem o poder a qualquer custo, o Fernando ta ferrado com estes negociadores do poder, ta ai construção de prédios sem planejamento só vê parasitas cada vez mais ricos, e cada dia mais milho narios. Imagino como deve ser o futuro da nossa cidade ...

14º

Maria helena

Presidente Eduardo nobrega.... você garantiu em plena sessão solene, perante os munícipes e juiz Dr. Guilherme, que a eleição da nova mesa da câmara seria dia 09-12, improrrogável que a mesa não daria golpe, e agora o senhor esta tentando mudar a data... O senhor tem o vicio de mentir ? Se na frente do juiz do presidente da OAB, do delegado de policia o senhor afirmou... então cumpra-se a sua palavra...Por isso o Brasil esta cheios de homens que ninguém acredita em politicas.... cumprao regimento...

13º

pastor Evanildo

Meus amados.. Quero agradecer e Deus por ter um vereador inteligente como este vereador chamado Marcos Paulo .. O único vereador que representa os evangélicos.

12º

joao algusto

Adiar o dia da votação e sofrer inda mais senhor presidente... Vereador não muda de palavra faça valer a sua.. Chame logo esta eleição...

11º

lurdinha maraba

Pessoal estamos vendo que o Marcos Paulo è o próximo prefeito da nossa cidade. .... Sera isso a preocupação do edil vereador Eduardo Nóbrega...

10º

MARCELÃO

Bom eu fico feliz de tirar esse outro presidente que de fato é uma capitalista de mão cheia, ele da um de bom moço e depois retoma seus interesses diretos.... Parabéns nova equipe....

Carlos luis

Poque o Eduardo Nóbrega ta com medo Acho que ele ta com Medo do vereador Marcos Paulo.

Jose Armando

Que bom ! Agora o sugeito quer alterar a data da eleicao com medo .. Sera que tem alguma coisa por traz disso. Ou é pura inveja que el tem do Vereador Marcos Paulo

Arlinda gomes

Esse Marcos Paulo é o futuro prefeito da cidade.4Se cuida Eduardo nobrega..

Reginaldo Barbosa

PARABÉNS MEU VEREADOR... VOCE TEM MUITA CORAGEM

Gomes

Isso é bom?

Pinha

FIQUEI FELIZ COM A ANTECIPAÇÃO DA MESA VEJO OS VEREADORES BEM SINCEROS, VEJO QUE TAMBÉM FOI UMA BOA ESCOLHA E QUANTO AO PRESIDENTE ATUAL NÃO SEI PORQUE TANTA BRAVEZA SE ELE PROCUROU A OPOSIÇÃO POR DIVERSAS VEZES PARA ELEGER O VEREADOR CARLINHOS E TAMBÉM O PROPRÍO VEREADOR ANDRE E JOYSE TAMBÉM FEZ O MESMO PROCUROU A OPOSIÇÃO VENDO QUE NÃO CONSEGUIU QUIZ QUE O VOTO DA OPOSIÇAO NÃO VALERIA NADA, ME POUPE NÉ.QUANTO A VEREADORA ERICA FRANQUINI ESSA MULHER E DE GARRA E TEM PALAVRA ESSA NÃO MUDA E ISSO SE CONFIRMARA, QUANTO AO MARCOS PAULO DESEJO BOA SORTE.

adr7775

Estou muito curioso em saber se esse grupo vai se sustentar até a eleição da mesa diretora de fato. Não quero ser pessimista, mas tenho minhas dúvidas quanto ao voto da Érica da Enfermagem. Quanto ao Marcos Paulo, quero muito ver até que ponto o representante do PROS se posicionará de forma autônoma aos mandos e desmandos de nossa excelência, o Prefeito. Afinal de contas, o partido do qual ele (Paulinho) faz parte, mesmo estando na situação em Taboão, nasceu de um partido de oposição ao PSDB. Quem viver, verá!!! "Eu vou para Pasárgada. Lá sou amigo do rei"...

AUGUSTO

ISSO MESMO, CONCERTEZA AGORA A OPOSIÇÃO IRA RESPEITAR A DECISÃO. CHEGA DE INCINUAÇÕES OBTIDAS PELO ANTIGO PRESIDENTE KKKKKKKK, O MESMO FICA SÓ PENSANDO QUE É MAIS ESPERTO QUE OUTROS VEREADORES E QUE TODA A CIDADE. AGORA RESPEITE AMIGO E COMECE E FALAR A VERDADE E PARA DE INTIMIDAR AS PESSOAS E SEUS AMIGOS NO LEGISLATIVO.

Claunir

Percebo que foi uma boa estratégia, em antecipar a votação destes vereadores, quem sabe assim dará ainda mais credibilidade a esta casa, pois ver o prefeito dando pitacos nesta decisão é no minimo lamentável, vejo que se for criado um bloco maior de oposição a cidade ira ganhar muito, pois assim acaba esta questão de aprovar apenas o que o prefeito quer, e a puxassaquisse por parte dos vereadores. por momentos chega a dar nojo de ver tanta bajulação, a casa de leis deve ser soberana, e a coalizão de forças é necessária, mas que isso não seja confundido com submissão ao prefeito por medo de perdas de cargo na prefeitura, isso deveria acabar de uma vez por todas, pois defender o povo e a cidade por vezes não acontece devido ao fato de estarem amarrados.

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

25/04/2017

Bom Prato de Taboão começa a funcionar nesta quarta (26) com almoço a R$ 1,00

O prefeito de Taboão da Serra, Fernandes Fernandes Filho, anunciou no começo da noite desta...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.